DestaqueMunicípios

Acusado de matar pai e filho após briga por vaca no Piauí é condenado a 40 anos de prisão

Foto: Kairo Amaral/TV Clube

José Carlos da Silva foi condenado pelo Tribunal do Júri a 40 anos, sete meses e 15 dias de prisão por matar a tiros Leôncio Alves da Silva e o seu filho, Antônio Francisco de Sousa Silva. O duplo homicídio ocorreu em janeiro de 2019 no povoado Mundo Novo, Zona Rural de Bom Princípio do Piauí, a 303 km de Teresina.

O conselho de sentença acatou na íntegra a tese sustentada pelo Ministério Público do Piauí e o condenou por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e por meio que impossibilitou a defesa da vítima. Por este motivo, o MP não irá recorrer.

O crime

De acordo com a Polícia Militar de Bom Princípio do Piauí, existia uma rixa antiga entre o acusado e as vítimas devido às terras. O crime ocorreu após José Carlos discutir com Leôncio e Antônio Francisco por conta de uma vaca.

Pai e filho foram mortos em Bom Princípio do Piauí. — Foto: Kairo Amaral/TV Clube
Pai e filho foram mortos em Bom Princípio do Piauí. — Foto: Kairo Amaral/TV Clube

“‘É uma rixa antiga. A situação lá se deu conta por causa dos animais que estavam entrando na propriedade do suspeito e onde a vaca já estava há quatro dias na propriedade, estragou e comeu toda a plantação dele e ele queria que o dono do animal pagasse um valor para tirar a vaca e ele disse que não pagaria”, explicou o tenente Muniz.

O acusado foi preso três dias após o duplo assassinato no município de Buriti dos Lopes, Norte do Piauí.

Fonte: g1 Piauí 

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo