EducaçãoMunicípios

Aluno de escola pública do Piauí supera 18 milhões de participantes e conquista ouro na OBMEP

Igor Gabriel Oliveira, aluno do 7° Ano da Escola Municipal Juarez Tapety, em Oeiras, recebeu em Salvador (BA), a medalha de ouro da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Maior olimpíada estudantil do país, a OBMEP premiou os melhores entre os 18,2 milhões de estudantes que participaram a prova em 2018.

“Estou muito feliz”, resumiu, empolgado, o medalhista de ouro, enquanto se preparava para fazer uma foto ao lado do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes. Além do ministro, a cerimônia nacional de entrega das medalhas contou com a presença do diretor-adjunto do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e coordenador-geral da OBMEP, Cláudio Landim, do diretor geral do IMPA, Marcelo Viana, entre outras autoridades.

“Vocês são o futuro do nosso país. Lembrem sempre que vocês podem ser tudo o que quiserem, basta que estudem, acreditem e se dediquem”,  assinalou o ministro, numa solenidade marcada por discursos de reconhecimento e incentivo aos estudantes, provenientes de todos os Estados do Brasil.

Em sua 14ª edição, a OBMEP registrou no ano passado a participação de 18,2 milhões de alunos na primeira fase, dos quais 952.782 foram classificados para a segunda etapa. Na cerimônia, foram premiados os 575 medalhistas de ouro de todo o país. No total, 15 alunos piauienses das redes Municipais, Estadual e Privada foram premiados nesta edição.

“O que temos nesta sala é o futuro do Brasil, 500 medalhistas de ouro de uma competição que começou com 18 milhões de jovens e crianças do país todo. Em praticamente todos os municípios. Pouquíssimas iniciativas têm a capilaridade da OBMEP. Ela identifica talento, estimula o gosto pela ciência, contribui para a melhora do ensino e oferece oportunidade”, afirmou o diretor geral do IMPA.

Na avaliação, o município de Oeiras obteve um resultado histórico. Além do ouro, os alunos da rede municipal de ensino conquistaram 2 medalhas de prata, 4 de bronze e 11 menções honrosas. A competição tem três níveis, dependendo da série do participante, e reúne estudantes dos Ensinos Fundamental (a partir do 6ª ano), Médio e Universitário das instituições públicas de todo o Brasil.

O coordenador-geral da OBMEP parabenizou Oeiras pelo bom resultado. “Oeiras está de parabéns por esta medalha de ouro. Espero que esta apenas seja a primeira de várias outras. E o que essa medalha representa? Mostra a todos os alunos de Oeiras que é possível conseguir medalhas de ouro, prata e bronze na Olimpíada e, para isso, basta investir”, louva Cláudio Landim.

Desde 2018, a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) intensifica a preparação dos alunos da rede para a prova, através de atividades de reforço e programas de iniciação científica, voltados para a área da matemática. Para a SEMED, o resultado é fruto do avanço na qualidade do ensino e aprendizagem de matemática dos alunos da rede municipal, por meio de um acompanhamento e apoio pedagógico às escolas.

“A melhor maneira de se preparar é fazer provas antigas, responder o banco de questões que está disponível na nossa página e tentar resolvê-lo, porque não é bicho de sete cabeças resolver esses problemas, como prova essa primeira medalhada de ouro de Oeiras”, completa o coordenador-geral da OBMEP.

Para a SEMED, o resultado é fruto do avanço na qualidade do ensino e aprendizagem de matemática dos alunos da rede municipal, por meio de um acompanhamento e apoio pedagógico às escolas.

OBMEP estimula o estudo da matemática e revela talentos
A OBMEP é uma realização conjunta do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC).

Criada em 2005, a competição tem como metas estimular o estudo da Matemática, revelar talentos – incentivando seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas – e promover a inclusão social pela difusão do conhecimento.

Fonte: Prefeitura de Oeiras

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar