DestaqueGeral

Após 42 dias intubado, homem se recupera da Covid e ganha prêmio da Mega da Virada

Após 42 dias intubado, homem se recupera da Covid e ganha prêmio da Mega da Virada

Rogério Maria, de 51 anos, passou 68 dias internado com Covid-19 em Campinas, cidade de São Paulo. Destes, após 42 dias em coma induzido e intubado, a recuperação foi difícil, mas ele não imaginava que a sorte viria após a dificuldade: no fim de 2020, ele ganhou parte do prêmio da Mega-Sena da Virada.

Infectado no mês de julho, o analista de sistemas apresentou quadro rápido de evolução da infecção pela doença. Com a hospitalização na Casa de Saúde de Campinas, a preocupação chegou aos familiares, especialmente à esposa e aos dois filhos.

“Sentei na cadeira de rodas e passei pelo corredor do hospital. Essa é a última lembrança que tenho daquele dia, antes dos 42 dias em coma”, contou entrevista ao portal G1 sobre os últimos momentos antes do diagnóstico delicado.

Pneumonia e infecção

Não foram poucos os desafios enfrentados durante o período. Ele recebeu confirmação de pneumonia, sofreu com uma infecção bacteriana devido à baixa imunidade, além do tempo exposto na unidade hospitalar, e ainda precisou passar por traqueostomia.

Também ficou com 80% dos pulmões comprometidos, apresentou trombose generalizada e teve que passar por 28 dias de hemodiálise no hospital.

Segundo Rogério, até mesmo os médicos já não esperavam mais uma melhora de saúde. “Minha família foi chamada duas vezes para se despedir de mim, porque os médicos não acreditavam na recuperação”, relatou.

Período sem andar

Rogério só foi liberado no mês de setembro, com uma série de sequelas por conta da doença. O total de 27 kg a menos, queda de cabelo, perda de memória e lesões nas duas pernas, impossibilitando o ato de andar, foram algumas delas.

Até hoje, inclusive, ele faz sessões de reabilitação das funções motoras. Naquela época, chegou a ter que se apoiar nos objetos da casa para se locomover.

Mesmo assim, o pedido da família por auxílio ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi negado. Rogério conta que o órgão informou que ele ainda estaria apto a trabalhar, mesmo com atestado de coma fornecido pelo hospital. Uma nova análise do pedido está marcada o dia 31 de março.

Vaquinha e prêmio

Só no mês de dezembro, a família do analista teve a ideia de fazer uma vaquinha online para custear as despesas do tratamento. A surpresa veio mais à frente, quando ele participou de um bolão da Mega-Sena da Virada.

Legenda: Por conta do bolão, Rogério recebeu, assim como os outros integrantes, o valor líquido de R$ 7.325,26 Foto: reprodução/Arquivo pessoal

O grupo do qual fazia parte acertou cinco dezenas do prêmio, dando a cada participante o direito de receber o valor líquido de R$ 7.325,26.

“Sou um cara alegre, estou voltando a sorrir. É uma batalha diária e minha superação está acontecendo”, contou ele ao G1. Agora, Rogério recuperou 13 kg e continua sob o acompanhamento de fisioterapeutas.

“Tudo isso me fez dar valor às pequenas coisas da vida”, completa ao lembrar dos meses difíceis do ano passado.

Fonte:  G1

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar