Destaque

Bolsonaro reclama de salário de R$ 33 mil e diz que às vezes esquecia da esposa

Ex-presidente está na Flórida, nos Estados Unidos, desde o fim de dezembro do ano passado

O ex-presidente Jair Bolsonaro reclamou do salário de R$ 33 mil que ganhava na presidência da República e afirmou que, por vezes, nem lembrava que tinha esposa, em razão da grande rotina de trabalho no cargo. Apesar disso, ele voltou a dizer que entende que essa missão não acabou. A declaração foi dada em discurso na New Hope Church, em Orlando, nos Estados Unidos, na quinta-feira (23).

De acordo com Bolsonaro, no início, ele chegava a se questionar “qual pecado” ele cometeu para estar naquela cadeira (presidencial).

“Por vezes, você nem lembra que tem esposa. Você chega em casa, ela está dormindo ou quando ela sai, eu que estou dormindo, mas foi uma experiência que entendo como missão e, se ele assim entender, entendo que essa missão não acabou ainda”, afirmou Bolsonaro.

Ao tratar do salário, Bolsonaro falava sobre a dificuldade para se montar um ministério no país.  “Tem que ver se a pessoa está qualificada para aquilo. Depois, se ela aceita. Ser ministro não é tão gratificante assim, não, quando se fala de salário”, afirmou, completando:

“Alguém sabe quanto foi o meu salário bruto em dezembro do ano passado? R$ 33 mil. Dá aí US$ 6 mil. Compensa? Você não vai para lá para ser recompensado financeiramente. mas para ministério, salário é igual.”

Fora do governo, Bolsonaro recebe hoje R$ 11,9 mil como capitão reformado do Exército, mais R$ 30 mil de aposentadoria como deputado e, estima-se, que pode vir a receber ainda um salário de R$ 39 mil do PL, após negociação com Valdemar Costa Neto. O presidente está em Orlando desde o final de dezembro. Ele deixou o país no dia 30 daquele mês e não passou a faixa a seu sucessor. Ele já disse algumas vezes que pretende voltar ao país “nas próximas semanas”.

Fonte: O TEMPO 

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Portal É Notícias