São Julião

Câmara de São Julião realiza sessão presencial de abertura dos trabalhos do 2º semestre legislativo

Câmara de São Julião realiza sessão presencial de abertura dos trabalhos do 2º semestre legislativo

A Câmara dos Vereadores de São Julião – PI, que tem como presidente o Vereador João Neto Leal (PSB), realizou nesta noite de sexta-feira, 07 de agosto, a Sessão Ordinária de abertura dos trabalhos do segundo semestre legislativo de 2020.

A Sessão Ordinária foi realizada seguindo todos os protocolos dos órgãos de saúde como forma de prevenção ao novo coronavírus onde os parlamentares faziam uso de máscaras e a desinfecção constante das mãos e do microfone.

Requerimento de autoria do Vereador Professor Neto (PSB)

Na pauta, o Requerimento de autoria do Vereador Professor Neto (PSB) solicitando junto ao executivo municipal a reforma da passagem molhada na localidade Carnaubinha.

Em sua justificativa, o parlamentar disse que a referida passagem molhada se encontra bastante deteriorada e que o serviço de recuperação melhorará em muito a trafegabilidade dos transeuntes naquela região.

Vereador Prefessor Neto (PSB)

O Requerimento foi aprovado por unanimidade. Durante a Sessão ainda, os parlamentares fizeram uso da palavra e discutiram sobre temas diversos e outras melhorias para o município.

A Vereadora Antônia do Leu (PSDB) lembrou dos 14 anos da Lei Maria da Penha e disse que a promulgação da mesma fortalece a luta das mulheres.

Vereadora Antônia do Leu (PSDB)

O Vereador Tarcilo Rocha (MDB) lembrou do Dia dos Pais, comemorado no segundo domingo de agosto e na ocasião parabenizou a todos os pais presentes na Sessão.

Outro tema discutindo entre os parlamentares foi sobre os precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério, o FUNDEF.

Vereador Tarcilo Rocha (MDB)

Na ocasião, o presidente João Neto Leal (PSB) esclareceu que os repasses do Fundef não terem chegaram ainda na Educação, não é por impedimento dos vereadores.

“Os precatórios não estão liberados. Estamos aqui em nossa posição discutindo e quando chegar o momento traremos advogados dos professores, da Prefeitura, do Poder Legislativo, para fazermos uma audiência pública e decidirmos o que será feito”, disse.

Câmara de São Julião volta a realizar sessões presenciais

Ainda sobre os precatórios, o presidente foi enfático: “Não tem nada liberado ainda. Nada chegou a esta casa. Já recebi um pedido dos professores para uma audiência pública. Vamos esperar chegar e aí decidiremos. Quero dizer que faremos tudo de acordo e vamos vestir a camisa junto com os professores”.

Sem mais a tratar, a sessão foi encerrada e todos os parlamenteares foram comunicados que a próxima sessão ordinária será realizada no dia 21 de agosto do corrente ano.

Veja as imagens:
 

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar