MunicípiosPiauí

Carne de carneiro passa a compor merenda de escolas estaduais do Piauí

O alimento é adquirido de agricultores familiares por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Os alunos do Centro Estadual de Tempo Integral (Ceti) Helvídio Nunes, tiveram no almoço desta sexta-feira (15), uma refeição com carne de ovinos da agricultura familiar. O alimento é oriundo da Cooperativa dos Produtores Rurais da Chapada Vale do Rio Itaim (Coovita) e foi adquirido através do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) em parceria com a Secretaria da Agricultura Familiar (SAF).

O Piauí é o terceiro maior produtor de ovinos e caprinos do Nordeste. A produção de ovinos no estado é de 1,7 milhões de cabeças e a de caprinos é de 1,9 milhões, segundo dados do IBGE em 2022.

A oferta de ovinos na merenda escolar vem sendo bem aceita pelos alunos, como conta a diretora da Ceti Helvídio Nunes, Auristela Torres.“A carne de carneiro é uma novidade na escola, no início era colocada no cardápio a cada 15 dias, mas com a boa aceitação de nossos alunos, estamos colocando semanalmente”, relatou.

WhatsApp Image 2024-03-15 at 17.34.01.jpeg
FOTO: REPRODUÇÃO

A superintendente de Ações Afirmativas e Organização Social (SAAOS) da SAF, Márcia Mendes, afirma que a oferta de alimentos da agricultura familiar na merenda, promove a segurança alimentar e nutricional. “Colocar a carne de ovinos na merenda escolar promove uma alimentação saudável para os alunos, atende a uma dieta nutricional que é exigida pela Secretaria de Educação (Seduc) e fortalece a comercialização de produtos da agricultura familiar, que além do apelo nutricional, também faz parte da nossa cultura”, ressaltou.

A nutricionista da Secretaria de Educação (Seduc), Nairany Carvalho, destaca as vantagens da carne ovinos na alimentação dos alunos.“Além de fomentar a agricultura familiar, colocar a carne de carneiro nas escolas também traz vantagens nutricionais por aumentar o consumo de proteína de carne vermelha na merenda escolar”, afirmou.

A carne de ovinos que chega na escola Helvídio Nunes, vem da Coovita, uma cooperativa que possui 336 cooperados, com sede em Betânia do Piauí. A cooperativa trabalha em diversos municípios do Território da Chapada Vale do Itaim, como Paulistana, Jacobina, Queimada Nova, Acauã, Simões, Curral Novo e Patos. Em 2023, a cooperativa comercializou 6.160 animais, mas tem como meta para 2024, ultrapassar os 8 mil.

carne carneiro.jpg
FOTO: REPRODUÇÃO

A presidente da Coovita, Suzana Coelho, destacou a importância do contrato com a SAF. “Essa parceria visa aumentar e melhorar a cadeia produtiva da ovinocaprinocultura, fortalecendo a comercialização através dessa articulação com o PNAE”, reforçou.

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), destina 30% das compras para alimentos da agricultura familiar, o programa é executado pela Seduc, que em parceria com a SAF está ampliando a oferta de alimentação saudável e apoiando o desenvolvimento econômico das comunidades rurais do estado.

Fonte: Governo do Piauí

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Portal É Notícias