Destaque

Cobertura Fotográfica da festividade em memória ao centenário de “Seu Brando” em Alegrete do Piauí

Festividade em memória ao centenário de “Seu Brando” em Alegrete do Piauí – Foto: Portal É Notícias

Familiares e amigos estiveram reunidos na tarde e noite deste sábado, 13 de abril, na localidade Olho D’águinha, zona rural de Alegrete do Piauí para celebrar o centenário em memória de Ildebrando Antônio Gonçalves, conhecido por todos como “Seu Brando”.

O evento contou com uma missa na Igrejinha de Santa Luzia, que foi totalmente reformada para o evento, a celebração foi ministrada pelo padre Ismael da paróquia de Alegrete do Piauí. Presentes à Santa Missa, filhos, netos, bisnetos e toda a geração do patriarca Ildebrando Antônio Gonçalves falecido em 23 de fevereiro de 1989.

“Tenho orgulho de carregar o sobrenome de meu avô”, disse Professor Neto

Durante a Ação de Graças, o vereador de São Julião – PI, Professor Neto, lembrou que seu nome é Ildebrando em homenagem ao seu avô e disse que é motivo de muito orgulho e alegria carregar tal sobrenome. “Sinto-me honrado por carregar o sobrenome Brando, tanto que dei também este sobrenome para meus dois filhos, Heitor Brando e Apollo Brando”, lembrou Professor Neto.

Logo em seguida, o parlamentar de São Julião – PI leu a biografia completa de seu avô Ildebrando Antônio Gonçalves para todos os que estavam presentes.

“Nossos avós deixou um legado de trabalho e religiosidade”, disse Francisca Neta

A alegretense Francisca Neta também fez uso da palavra e disse que seus avós deixaram um legado que sua ela carregará para sempre. “Nossos avós deixou um legado de trabalho e religiosidade. Por isso celebramos a vida e entendemos que a família é um bem maior e um projeto de Deus”, disse emocionada  Francisca Neta.

Outra pessoa a fazer uso da palavra, foi o ex-prefeito de São Julião- PI, Edilberto Luz, que relembrou a amizade de Seu Brando para com todos. “Era um homem trabalhador, sem malquerença com ninguém e que contribuiu muito para o desenvolvimento de sua comunidade”, disse.

“Era um homem trabalhador, sem malquerença”, disse o amigo de “Seu Brando”, Edilberto Luz

Logo após a missa, todos os familiares e amigos presentes foram recepcionados pertinho dali, na antiga residência de “Seu Brando” e “Dona Francisca”, onde atualmente reside seu filho “Zé Brando” na localidade Olho D’águinha onde houve jantar para todos os presentes, churrasco e música ao vivo com o cantor cover de Luiz Gonzaga, Andrews Rosbson, Assisinho do Acordeon e os Meninos do Padre.

Durante a festividade em memória ao centenário de “Seu Brando”, seu neto, o empresário Reneberson Ramos fez uso da palavra e disse que o sentimento durante a festividade era de saudosismo.

“Este é um momento de saudosismo”, disse seu neto, Reneberson Ramos

“Este é um momento de saudosismo. Em cada canto deste lugar a gente lembra de Vovô Brando e Vovó Francisca. É também um momento de reunir e cumprimentar a família, assim como nossos avós faziam. A gente precisa copiar essas coisas, entender que a vida é feita de sementes, por isso tenho muito orgulho de minha família, de meus tios que ainda residem na roça tangendo gado, tenho certeza que nossos avós estão muito felizes com isso”, disse o empresário.

Dentre as autoridades que prestigiaram a festividade em memória de “Seu Brando” estava o prefeito de Alegrete do Piauí, Márcio Alencar, o vice-prefeito de São Julião – PI, Sodson Rocha, os vereador Professor Neto (São Julião), Claudilto Ramos (Alegrete) e Izaberto Luz (Fronteiras), a secretária de Cultura de São Julião, Welyda Ramos, dentre outros.

Casa onde residia “Seu Brando” e “Dona Francisca “
“Seu Brando” – Foto: Arquivo da família
Família de “Seu Brando” após a missa em memória ao seu centenário

Sobre Seu Brando

Ildebrando Antônio Gonçalves, conhecido por todos como “Seu Brando” nasceu em 25 de abril de 1919, em Pocinhos, na época o povoado alegretense pertencia ao município de São Julião – PI. O agricultor, pecuarista e ativista político do PMDB foi casado durante toda a sua vida com Francisca Elvina Ramos ao qual se mudaram para a localidade Olho D’águinha. Do casamento com “Dona Francisca” nasceu 23 filhos, ao qual se criou 16. Tiveram ainda 42 netos, 55 bisnetos e 09 tataranetos. “Seu Brando” faleceu em 23 de fevereiro de 1989.

Veja as imagens:

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar