Picos

Conta de R$ 50 em bar gera discussão e termina com homem baleado em Picos

Um homem foi baleado na perna por conta de uma discussão em um bar da cidade de Picos. Segundo a Polícia Civil, a briga aconteceu porque um homem identificado como Fernando Aguiar de Araújo não aceitou o valor da conta cobrado pelo bar, de R$ 50. Ele foi preso por tentativa de homicídio, lesão corporal grave e porte ilegal de arma de fogo. O homem baleado não corre risco de morte.

O delegado Jônatas Brasil, da delegacia de Picos, disse que o homem que foi preso bebia desde a noite de domingo (4) até o início da manhã de segunda-feira (5) junto com um amigo e o filho da dona do bar. Ao final da bebedeira, o filho da dona do estabelecimento apresentou a conta, e Fernando discordou do valor total de R$ 50, que seria dividido entre os três.

Morada Nova – Foto: José Maria Barros

“Eles começaram uma discussão, em que ele disse que não iria pagar e saiu de lá dizendo que ia voltar para matar o filho da dona do bar. Minutos depois ele voltou com um revólver calibre 38 e atirando na direção dos outros dois. Os três já estavam bastante embriagados”, contou o delegado.

Nenhum dos tiros que Fernando teria disparado acertou os alvos. Nesse momento, a dona do bar chegou ao local e tentou conversar com o atirador. Quando Fernando baixou a arma, a mulher o atacou para tentar tomar a arma de fogo das mãos dele.

“Ela se abraçou com ele e os dois caíram no chão, e outras pessoas que passavam pelo local se juntaram a ela para tentar a tomar a arma do atirador”, detalhou o delegado.

Durante a briga, a arma disparou e atingiu a coxa de um homem, que tentava ajudar a desarmar o atirador. Segundo o delegado, o rapaz não tinha relação com as outras pessoas envolvidas na confusão.

Depois do tiro, a Polícia Militar foi acionada e fez a prisão de Fernando Aguiar Araújo. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Picos, onde foi preso em flagrante e autuado por tentativa de homicídio, lesão corporal grave e porte ilegal de arma de fogo.

O homem baleado, que não teve o nome divulgado pela polícia, foi encaminhado para o Hospital Regional de Picos. Segundo o delegado, o rapaz não corre risco de vida, mas o ferimento causado pelo tiro deve deixá-lo incapaz de trabalhar por pelo menos um mês. Ele recebeu alta nesta terça-feira (6).

Fonte: Andrê Nascimento/G1 PI

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar