DestaqueGeral

Corpo de engenheiro piauiense desaparecido em Brumadinho é identificado

Engenheiro piauiense Edson Rodrigues dos Santos piauiense desaparecido em Brumadinho é identificado — Foto: Arquivo Pessoal

O corpo do engenheiro piauiense Edson Rodrigues dos Santos, desaparecido desde o rompimento da barragem em Brumadinho, em Minas Gerais, foi identificado nessa terça-feira (12) pelo Instituto Médico Legal. Ele trabalhava há três meses na Vale e estava próximo ao refeitório da mineradora quando o reservatório cedeu.

Edson Rodrigues dos Santos era natural de Guadalupe, onde ainda mora a família dele. O irmão Francisco Rodrigues informou que o corpo do engenheiro foi encontrado intacto e será sepultado nesta quarta-feira (13) em Conselheiro de Lafaiete, cidade mineira onde ele morava com a esposa.

“O cunhado dele ligou falando que o IML entrou em contato, que tinha identificado o corpo de Edson. Apesar do corpo ter sido encontrado intacto, ele vai sair do Instituto direto para o cemitério. A nossa esperança nesse tempo todo é que o meu irmão estivesse vivo, mas Deus quis assim, e só dele ter sido identificado nos traz um conforto”, declarou Francisco Rodrigues.

Agência manda desativar barragens do tipo da que se rompeu em Brumadinho — Foto: Reprodução/JN
Agência manda desativar barragens do tipo da que se rompeu em Brumadinho — Foto: Reprodução/JN

Segundo o irmão, o pai de 82 anos estava aflito pelo desaparecimento do filho. Devido a problemas de saúde, ele não deve acompanhar o enterro de Edson.

“Estamos em contato direto com a esposa dele. Eles já estavam juntos há 25 anos, se conheceram lá em Minas, mas o casamento foi aqui no Piauí porque o meu pai já não tinha condições para viajar. Eu pretendo ir depois até Minas Gerais”, disse o irmão.

Edson Rodrigues era engenheiro de tubulação anti-incêndio, e funcionário de uma empresa que prestava serviços para a mineradora Vale. Ele foi uma dos 201 mortos confirmados no desastre da Vale, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, ocorrido em 25 de janeiro deste ano. Outras 107 pessoas continuam desaparecidas.

Fonte: G1 Piauí

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar