MunicípiosPiauí

Covid-19: confira quais setores vão reabrir nesta segunda no Piauí

Nesta segunda-feira (17) inicia a reabertura de mais setores da economia no Piauí. Entre as atividades permitidas pelo Governo do Estado está o funcionamento de bares e restaurantes com atendimento presencial e consumo no próprio estabelecimento.

As atividades estavam suspensas desde março por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A retomada das atividades economicas seguem os decretos do governador Wellington Dias (PT) e todas os serviços que estão autorizados a reabrirem devem cumprir o protocolo do governo estadual relacionado à segurança sanitária e ao horário de funcionamento.

Decreto municipal determinou a suspensão do funcionamento de restaurantes
Decreto municipal determinou a suspensão do funcionamento de restaurantes – Foto: Alef Leão/GP1

Atendimento presencial em restaurantes está suspenso desde março

Veja o que pode funcionar a partir do dia 17 de agosto

– Alojamentos (hotéis e similares)

– Organização de eventos (exceto culturais e esportivos)

– Serviços de Alimentação e Bebidas em Geral: (Restaurantes a la carte, prato feito e buffet sem autosserviço; Restaurantes de autosserviço (self service com comida no quilo, self service em rodízio e preço único); Lanchonetes, Casas de Chá, Casas de Sucos, Cafeterias e Sorveterias; Bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas.

– Serviço de Turismo: Empresas/estabelecimentos que desenvolvem atividades referentes aos vários ramos e motivações do turismo: como agências de viagem e prestadoras de serviços de interesse turístico, lazer e entretenimento; negócios, eventos e acontecimentos; realizações técnicocientíficas e artísticas; turismo religioso; turismo ecológico, etc.

Obs: Ainda ficam suspensos os serviços de alimentação e consumo presencial em praias, balneários, cachoeiras, museus, bibliotecas, zoológicos. Os serviços de turismo também continuam suspensos nesses locais.

Protocolos para funcionamento

Serviços de alimentação e bebidas: De acordo com o protocolo específico para reabertura deste setor, tais estabelecimentos devem controlar o acesso de pessoas e dispor de sinalização (marcação no piso, por exemplo) na entrada e em pontos estratégicos para manter o distanciamento de 2 metros entre os clientes. No lado externo, caso tenha fila, deve-se providenciar proteção para sol e chuva.

Turismo: Já o protocolo específico da retomada do turismo estabelece que os órgãos governamentais federais, estaduais e municipais do setor turístico que atuam no Piauí devem incentivar o turismo com conscientização sanitária, envolvendo em suas ações preventivas e educativas, orientações sobre as medidas higienicossanitárias, bem como sua implantação e implementação nos pontos turísticos, principalmente aqueles de maior visitação.

Retomada gradual das atividades

Os primeiros setores econômicos reabriram no dia 6 de julho, concentrando principalmente a área da construção civil, e depois no 13 de julho aconteceu a segunda etapa com a liberação de atividades relacionadas a agricultura, a pecuária, comércio de alimentos e bebidas, entre outros.

Já no dia 20 de julho ocorreu a reabertura de setores relacionados a fabricação de móveis, comércio varejista e atacadista de móveis e eletrodomésticos, comércio varejista e atacadista de produtos químicos, médicos farmacêuticos, entre outros. No dia 27 de julho foi autorizada a fabricação de produtos têxteis, vestuário, acessórios, calçados e artigos de couro, comércio atacadista e varejista de papelaria, materiais de escritório e publicações, atividades religiosas, entre outras.

No dia 3 de agosto, foram autorizados a retornarem os Shoppings Centers, com algumas restrições, e as atividades imobiliárias. Já na última segunda (10), foi liberado o retorno das clínicas de estética, os salões de beleza, corretoras, administração pública e atividades de informação e comunicação.

Fonte: GP1

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar