Destaque

Desempregada faz rifa para comprar alimento para os filhos em MT após perder marido e mãe para a Covid-19

Estefany Leticia perdeu o marido e a mãe para a Covid-19 — Foto: Estefany Leticia/Arquivo pessoal

Uma mulher de 32 anos perdeu a mãe e o marido para a Covid-19, neste ano. Estefany Leticia da Silva Morais Diasestá era autônoma, mas precisou parar de trabalhar quando a família foi infectada. Para pagar as contas de casa e comprar alimento para os filhos, de 9 meses, e de 5 anos, ela está vendendo uma rifa.

“Minha preocupação é conseguir deixar em dias as contas principais de energia, água e prestação da casa, até que tudo se restabeleça em minha vida. Diante da situação que vivemos, está complicado encontrar um emprego, e mesmo assim não tenho com quem deixar meus filhos, já que quem cuidava deles para eu trabalhar se foram”, relatou.

No dia 27 de janeiro, o marido dela, Jessé da Silva Dias, de 40 anos, começou a ter sintomas da Covid-19 e procurou um médico para fazer exames. A tomografia revelou que ele estava com 25% do pulmão comprometido e precisou ficar internado.

Estefany Leticia e a mãe que morreu de Covid-19 — Foto: Estefany Leticia/Arquivo pessoal
Estefany Leticia e a mãe que morreu de Covid-19 — Foto: Estefany Leticia/Arquivo pessoal

Segundo Estefany, a mãe dela, Gonçalina Maria da Silva Morais, de 70 anos, começou a passar mal no mesmo dia e foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Chegando ao Pronto Socorro de Cuiabá, ela teve uma parada respiratória, foi reanimada e precisou ser intubada.

Após seis dias internado, Jessé não apresentou melhoras no quadro de saúde e uma outra tomografia foi feita. Naquele momento, ele já estava com 90% do pulmão comprometido e precisou ser transferido para um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Estefany Leticia diz que a filha sente saudades do pai — Foto: Estefany Leticia/Arquivo pessoal
Estefany Leticia diz que a filha sente saudades do pai — Foto: Estefany Leticia/Arquivo pessoal

Estefany contou que, no dia 4 de fevereiro, a mãe dela morreu e, no mesmo dia, Jesse foi intubado devido a uma piora no quadro de saúde. Depois de 15 dias, ele também morreu.

Estefany e Jesse se conhecem desde os 12 anos e completariam 16 anos de casados neste ano. Ele era chef de cozinha e churrasqueiro. De acordo com Estefany, Jesse amava a profissão e “fazia tudo por amor”.

“Está tudo muito difícil, pois estou aprendendo a viver uma nova vida sem duas pessoas que eu amava muito. Meu esposo era minha outra metade e hoje sofro por mim e pela minha filha quando vejo ela falar que está morrendo de saudades dele e eu não posso fazer nada”, lamentou.

Estefany Leticia e a família no último ensaio do fotográfico de Natal que fez com a família — Foto: Estefany Leticia/Arquivo pessoal
Estefany Leticia e a família no último ensaio do fotográfico de Natal que fez com a família — Foto: Estefany Leticia/Arquivo pessoal

Estefany também se infectou com o coronavírus, mas se recuperou. Antes de ter contraído a doença, ela começou a vender lembranças personalizadas para aniversários e festas e criou uma página no instagram, mas, como a situação em casa foi ficando difícil, ela teve que parar de trabalhar para se dedicar aos filhos.

Para conseguir pagar as contas e comprar alimentos para os filhos, uma amiga doou um chapéu para ela rifar. O valor de cada rifa é de R$ 5 e o resultado sai no dia 18 de abril. Os interessados devem procurá-la para fazer o pagamento por pix.

Por G1 MT

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar