Picos

Eleição municipal em Picos ‘pega fogo’ e promete embates até a sucessão estadual de 2022

Pré-candidatos para prefeito em Picos

O Período pré-eleitoral de Picos já começou. Exitem cinco pré-candidatos a prefeito da cidade. O ex-prefeito e empresário Gil Paraibano (PP), o empresário Araujinho (PT), o patrulheiro da polícia rodoviária federal Júnior Nobre (PSD), o ex-comandante da PM de Picos, Coronel Edwaldo Viana (PSL) e o advogado Glauber Silva (PDT).

Todos os candidatos estão empenhados, conversando com possíveis eleitores, procurando apoio para a eleição de 15 novembro desse ano.

Nos bairros de Picos tem sido cada vez mais constantes as visitas dos pré-candidatos, evidenciando assim que a busca de apoio popular já está a pleno vapor.

Picos terá uma pré-campanha e uma eleição concorrida. Nesse passo, os grupos possuem apoio importantes. Gil Paraibano conta com Zé Nery como aliado local, além do Senador Ciro Nogueira, presidente do Progressistas. O candidato Araujinho conta com apoio incondicional do Governador Wellington Dias e localmente de ex-aliados do prefeito Walmir. Glauber Silva conta com apoio do ex-governador do Ceará Ciro Gomes e Júnior Nobre se vale do apoio de setores do Governo Federal.

Criação de uma terceira via

Nas últimas semanas foi ventilada uma possível aliança entre os pré-candidatos Glauber Silva, Edwaldo Viana e Júnior Nobre, onde um pesquisa definiria o possível candidato entre os três, formando uma nova via competitiva da sucessão do Padre Walmir.

A importação de apoios

A eleição de Picos é uma eleição estadualizada que coloca de lado opostos o senador Ciro Nogueira (PP) e o Governador Wellington Dias (PT). Nesse momento os principais representantes políticos do Estado estão como oposição e situação. Dessa forma, o processo eleitoral da cidade vai impactar diretamente em uma pré-campanha para a eleição estadual de 2022.

Para o eleitor que direta ou indiretamente está envolvido no embate político, resta ouvir as propostas e escolher o melhor candidato que terá a missão de administrar Picos pelos próximos 4 anos ou 8 anos. A pergunta mais direta possível que fazemos: Você já escolheu o seu candidato?

Fonte: Riachão Net

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar