Fronteiras

Em Fronteiras, cães e gatos são envenenados e revolta população

Em Fronteiras, cães e gatos são envenenados e revolta população

Na noite desta segunda-feira, 31 de agosto, diversos animais foram envenenados em Fronteiras – PI. Segundo informações do Portal Lagoa do Rato, cães morreram após comerem pedaços de mortadela envenenados espalhados pelas ruas.

O fato revoltou os moradres do município. Uma ação solidária composta por amigos vasculharam diversos locais e recolheram cubos de mortadelas envenenados espalhados em locais de fácil acesso aos animais.

Em meio a uma pandemia pudemos perceber que o sofrimento não foi capaz de sensibilizar os corações amargurados e alimentados pelo ódio.

Cubos espalhados pela cidade com veneno

Estarrecidos com o ocorrido, populares buscaram apoio e realizaram denúncias na 4ª Cia de Polícia de Fronteiras, para que o autor dessa barbárie responda por seus atos, pois não se trata de um ato banal e sim de um crime.

Lei de Crimes Ambientais

“Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos: Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.

Vivemos na certeza de que a união faz a força. Que cada um de nós seja um fiscal de sua rua e denuncie qualquer comportamento estranho cometido contra animais. DENUNCIAR ainda é o melhor remédio!

Orientamos que donos de animais tenham sempre em suas casas antitóxico e Carvão vegetal ativado que pode ser encontrado em lojas veterinárias ou até mesmo em farmácias, pois em casos de envenenamento o socorro deve ser rápido.

Capitão Gilson esclarece sobre o crime de maltratar animais:

Fonte: Portal Lagoa do Rato

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar