DestaqueEntretenimento

Ex-Capim Cubano deixa a música para ser professor e construtor de casas de luxo nos EUA

Atualmente, ele vive na cidade de Viera com a esposa e dois filhos. Neste mês, ganhou cidadania americana

Legenda: Há oito anos nos Estados Unidos, cantor já recebeu cidadania americana –  Foto: Reprodução/Instagram

O paraibano Yegor Gomez, conhecido pelo apelido de “El Bandoleiro”, ficou famoso nos anos 2000 pelo grande sucesso nos vocais da banda Capim Cubano. “Teresa Bandolera”, “La Vida Es Un Carnaval” e “Mentirosa” foram alguns dos hits cantados pelo grupo. Em 2023, o ex-cantor vive longe dos palcos e, atualmente, mora com a esposa e os dois filhos nos Estados Unidos.

Yegor Gomez deixou o Brasil em janeiro de 2016, logo após não conseguir avançar no programa “Superstars” da TV Globo.  Ele chegou a participar do reality com a banda Yegor y los Bandoleros.

Assista à entrevista:

Após o período na TV, Yegor Gomez resolveu tentar a sorte nos Estados Unidos. Ao chegar ao país, logo no primeiro mês, ele conta que foi roubado por um empresário em US$ 30 mil — cerca de R$ 60 mil. Após o baque financeiro, com ajuda de um amigo, ele deixou a música e foi atuar na construção civil. Sem medo do trabalho, o paraibano foi um verdadeiro “faz tudo”.

Trabalhei em vários obras nos Estados. Fiz demolição, instalava piso, trabalhei com pintura, tudo que você imaginar. Tive três crises grandes de coluna, mas nunca arreguei o pé. Também trabalhei com corte de árvores. Uma série de coisas, isso me ajudou a crescer como ser humano.

YEGOR GOMEZ
Ex-cantor do Capim Cubano

Retomada na música

Yegor ao lado da esposa e filhos
Legenda: Yegor ao lado da esposa e filhos Foto: Reprodução/Instagram

Ao mesmo tempo que atuava na construção civil, outro amigo do cantor resolveu retomar agenda de shows de Yegor nos Estados Unidos. Ele chegou a realizar apresentações, mas devido a outros negócios do parceiro comercial, acabou ficando sozinho novamente.

Em meio às tribulações, ele foi acolhido pela família da esposa no estado de Utah. O paraibano ainda tentou realizar shows na região, mas sofreu com a ausência de um produtor musical.

Como muitos imigrantes que tentam a sorte em outro país, Yegor também teve problema no visto. Com ajuda jurídica de amigos, ele conseguiu tirar o green card — cartão de residência permanente nos Estados Unidos.

Um novo trabalho

Sem realizar shows, Yegor Gomez se dedicou novamente ao trabalho na construção civil. Ele resolveu encarar os estudos, passou três anos na formação e ganhou o título do curso de construction management (Gerenciador de construção). A licença que Yegor Gomez possui permite que ele construa casas, estádios e até aeroportos. Atualmente, ele dedica esforços em casas de alto padrão e também residências populares.

“Meu foco são construções residenciais de alto padrão e também populares. Hoje também dou aulas em duas escolas de preparação para pessoas que querem se qualificar para serem construtores”, ressalta o paraibano.

Atualmente, Yegor vive na comunidade de Viera, na Flórída. Ele e a esposa, que é corretora de imóveis, levam uma vida confortável. O casal é pai de dois filhos autistas. O ex-cantor afirma que os pequenos também possuem o gosto pela música. “São nossos dois anjos azuis. Me ensinaram muito a ter amor e paciência. Eles são a forma de amor materializado”.

Planejamento para turnê de 20 anos

Por um pedido do público e até mesmo por satisfação pessoal, Yegor Mendez diz ter interesse em fazer uma turnê de 20 anos de carreira em homenagem ao tempo que atuou na banda Capim Cubano. “É algo que penso para 2024. Fortaleza está no roteiro com toda certeza”.

Ele lembra com carinho da importância do público cearense na trajetória musical. “Sou paraibano de nascimento e, ao mesmo tempo, cearense e pernambucano de coração. Quando fazíamos shows em Fortaleza passávamos três meses na região. Só amor por esse público”.

Vale destacar que Yegor chegou a apresentar programa na TV Diário, o “Arena Hit”, o que projetou ainda mais o nome do ex-cantor no Ceará.

Fonte: Diário do Nordeste

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Portal É Notícias