Destaque

Fim de Semana começa com GRANDE VITÓRIA para quem recebe o Bolsa Família

O Ministério de Desenvolvimento Social anunciou excelentes notícias para os beneficiários do Bolsa Família. A saber, o programa deve ser relançando em poucos dias, sendo destinado a mais de 20 milhões de famílias brasileiras em situação vulnerabilidade.

O Ministério de Desenvolvimento Social anunciou excelentes notícias para os beneficiários do Bolsa Família. A saber, o programa deve ser relançando em poucos dias, sendo destinado a mais de 20 milhões de famílias brasileiras em situação vulnerabilidade.

Valor confirmado do Bolsa Família

Na última semana, o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, tranquilizou os beneficiários do Bolsa Família quanto ao valor a ser disponibilizado. De acordo com o ministro, as parcelas do programa terão o valor fixo de R$ 600, ou seja, todos os beneficiários devem receber, no mínimo, essa quantia.

Anteriormente, a ideia era de que o valor do benefício fosse reajustado e pago conforme a quantidade de membros em cada família. Dessa forma, milhões de beneficiários passariam a receber menos, principalmente as famílias unipessoais. No entanto, o ministro afirmou que o valor do benefício foi definido, confirmando as parcelas de R$ 600 para todos os beneficiários.

Além disso, de acordo com o ministro, as famílias unipessoais serão mantidas no programa. Muitos beneficiários estavam apreensivos, visto que uma nova análise de dados está sendo feita devido a grande suspeita de irregularidades.

Novas regras do Bolsa Família

De acordo com as novas determinações, o Bolsa Família vai contar com novos critérios de renda para a permanência dos beneficiários. Além disso, o governo irá cobrar a frequência escolar para crianças e adolescentes, bem como atualização da caderneta de vacinação.

É importante salientar que o Governo também realizará a atualização de dados do Cadastro Único (CadÚnico), bem como a integração do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

O governo também vai implementar um adicional no valor de R$ 150 para as famílias que possuem crianças de até seis anos de idade, com um limite de dois pagamentos extras. Assim, o benefício deve acrescentar até R$ 300 para as famílias.

Quem tem direito ao Bolsa Família?

É importante salientar que os novos critérios para recebimento dos valores do Bolsa Família serão adicionados e não substituirão os atuais. Confira quem deve receber o benefício:

Regras do antigo Auxílio Brasil:

  • Estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico);
  • Estar em situação de extrema pobreza – renda familiar mensal por pessoa de até R$ 105,00; ou
  • Estar em situação de pobreza (desde que tenham, entre os seus membros, gestantes ou pessoas menores de 21 anos) – renda familiar mensal por pessoa entre R$ 105,01 e R$ 210,00; ou
  • Ter entre os membros que residam na mesma casa e sejam inscritos no Benefício de Prestação Continuada (BPC).
  • Comprovar a matrícula das crianças na escola;
  • Apresentar os comprovantes de vacinação dos menores de idade;
  • Gestantes devem se submeter ao acompanhamento de pré-natal.
  • Nutrizes (mães que estão amamentando) também devem passar por um acompanhamento.

Calendário do Bolsa Família – Fevereiro

Assim, os repasses do Bolsa Família ocorrem conforme o dígito final do Número de Inscrição Social (NIS). Confira:

Último dígito do NIS Data do Pagamento
1 13 de fevereiro
2 14 de fevereiro
3 15 de fevereiro
4 16 de fevereiro
5 17 de fevereiro
6 22 de fevereiro
7 23 de fevereiro
8 24 de fevereiro
9 27 de fevereiro
0 28 de fevereiro

Como consultar o pagamento do programa?

Veja as opções para consultar o benefício a seguir:

Consulta no App CadÚnico

  1. Acesse o App CadÚnico e faça login usando seu CPF;
  2. Selecione a opção “Consulta completa”:
  3. Confira se o cadastro está atualizado e com benefício ativo.

Consulta no App Bolsa Família

  1. Acesse o App Bolsa Família ou App Auxílio Brasil e faça login usando seu CPF;
  2. Na primeira página o aplicativo vai mostrar se a família foi aprovada, fazendo o reconhecimento por meio do CPF.

Por telefone

  • Central de Atendimento 111 – Caixa Econômica Federal;
  • Central de Atendimento 121 – Ministério da Cidadania.

Fonte: Notícias Concursos

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Portal É Notícias