DestaqueEsportes

Fla vence o Grêmio com reservas e pode ser campeão já no próximo domingo

Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Flamengo ficou muito próximo do título do Campeonato Brasileiro após a rodada deste fim de semana. Hoje (17), mesmo com apenas três titulares em campo, o time de Jorge Jesus venceu o Grêmio em Porto Alegre por 1 a 0. O gol da partida válida pela 33ª rodada foi marcado por Gabigol, de pênalti — o atacante acabou expulso no segundo tempo ao ironizar o árbitro Raphael Claus.

Com o placar, o time rubro-negro pode ser campeão já no próximo domingo, dia 24, sem precisar entrar em campo. Com o empate em 1 a 1 entre Palmeiras e Bahia, o Flamengo chegou a 81 pontos. São 13 pontos de vantagem sobre o rival paulista.

Como o time palmeirense tem apenas mais cinco partidas até o fim do torneio, se apenas empatar com o Grêmio, no domingo (24), poderá no máximo chegar aos mesmos 81 pontos do Fla. Os cariocas, porém, já levam vantagem no número de vitórias, o primeiro critério de desempate do Brasileirão.

Na próxima rodada, o Flamengo não entra em campo. O rubro-negro antecipou o duelo com o Vasco (4 x 4) pois entra em campo no sábado (23) contra o River Plate pela final da Libertadores. A decisão será em Lima, no Peru.

A partida na Arena do Grêmio ainda teve polêmica pelo pênalti a favor do Flamengo. A arbitragem assinalou penalidade sem margem de dúvida, não consultou o VAR e gerou revolta nos donos da casa.

A vitória do Fla termina com o 100% de aproveitamento do Grêmio desde o confronto entre os clubes na semifinal da Libertadores, que terminou com o fatídico 5 a 0 no Maracanã. O Grêmio acumulava cinco vitórias seguidas, mas mesmo em casa não conseguiu fazer frente. O Flamengo teve as melhores chances e foi mais incisivo.

Quem foi bem: De Arrascaeta

Uruguaio distribuiu passes longos desde o início do jogo e foi o maestro do Flamengo. Um dos poucos titulares em campo, o camisa 14 não se omitiu mesmo às vésperas da final da Libertadores.

Quem foi mal: Diego Tardelli

Atacante finalizou pouco, errou muitos passes e não conseguiu encaixar estratégia de alternar com Luciano o papel de jogador mais avançado. Foi sacado no intervalo para entrada de Pepê.

Gabigol faz gol, pedala e é expulso

O personagem do jogo em Porto Alegre foi óbvio. Gabigol chegou a 22 gols no Brasileirão de pênalti, deslocando Paulo Victor. Foi ele quem protagonizou a jogada que originou o pênalti. E também foi ele que se envolveu em bate-boca com Bruno Cortez, no intervalo. O lateral do Grêmio reclamou das pedaladas do camisa 9. No segundo tempo, Gabriel Barbosa reclamou da arbitragem três vezes e acabou expulso pelo segundo amarelo. Na saída de campo, ele provocou os torcedores gremistas.

Grêmio termina jogo com seis atacantes

Mesmo com escalação diferente em relação ao jogo no Maracanã, que terminou com goleada do Fla e eliminação, o Grêmio foi dominado de novo. A maior posse de bola não garantiu ao time gaúcho contundência e muito menos controle do adversário. Fechou o primeiro tempo sem nenhuma chance real de gol e ainda viu a defesa sofrer depois de erros do meio-campo.

Na etapa final, Pepê entrou no lugar de Diego Tardelli e depois vieram André e Felipe Vizeu. O time gaúcho terminou a partida com incríveis seis atacantes (os que entraram no segundo tempo e ainda Luciano, Everton e Alisson). Ainda assim, sem pontaria.

Flamengo controla e amarra Grêmio

Apenas três titulares foram suficientes para referendar os conceitos de jogo do time. O Flamengo se manteve atento, com pressão alta e verticalidade. A defesa avançada tirou espaços do ataque gremista e o meio-campo aplicou intensidade para ganhar o setor.

Depois do intervalo o Fla passou a controlar a partida a partir dos espaços. Ou seja, deu campo ao Grêmio e esperou erros para avançar. A expulsão de Gabigol fez o time gaúcho avançar e a defesa rubro-negra se compactou mais para resistir.

Cronologia do jogo

Aos 34 minutos, Gabigol aparece na esquerda e tenta cruzamento rasteiro para trás. Bola bate no braço de Léo Moura e arbitragem marca pênalti. Aos 37, o próprio Gabriel Barbosa cobra e faz 1 a 0 para o Flamengo. Aos 28 minutos do segundo tempo, Gabriel reclama da arbitragem e leva amarelo. Segundo tempos, bate palmas ironicamente e recebe novo amarelo para ser expulso.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 0 X 1 FLAMENGO

Data e hora: 17/11/2019 (domingo), às 16h (horário de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 30.980 pessoas (28.541 pagantes)
Renda: R$ 1.175.820,00
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Danilo Manis (SP) e Anderson Coelho (SP)
Árbitro de vídeo: José Claudio Rocha Filho (SP)
Cartões amarelos: Piris da Motta, Rodinei (FLA)
Cartão vermelho: Gabigol (FLA)
Gol: Gabigol, aos 37 minutos do primeiro tempo (FLA)

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura (Felipe Vizeu), Geromel, David Braz e Bruno Cortez; Maicon, Michel (André), Alisson, Diego Tardelli (Pepê) e Everton; Luciano
Técnico: Renato Gaúcho

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Thuler (Rodrigo Caio), Rodholfo e Renê; Piris, Diego (Vinícius Souza) e Lucas Silva (Everton Ribeiro); Arrascaeta, Reinier e Gabigol
Técnico: Jorge Jesus

Fonte: UOL

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar