Destaque

Governador diz que Bolsonaro “confunde e engana” sobre recursos federais

Governador diz que Bolsonaro “confunde e engana” sobre recursos federais

O governador Wellington Dias (PT) subiu o tom e rebateu o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmando que o “presidente da República confunde e engana a população ao informar dados distorcidos”.

Wellington Dias usou sua rede social para rebater o presidente que afirmou na última sexta-feira (26) em visita a Caucaia (CE) que daqui para a frente os governadores que “fecharem seus estados” é que devem bancar o auxílio emergencial.

Wellington Dias afirma ainda que não é favor do governo federal os recursos que os estados têm direito.

“As transferências constitucionais obrigatórias e os benefícios previdenciários  não podem ser vistos ou divulgados como ação extraordinária do governo federal. São recursos que cada estado e município tem direito pelo pacto federativo. Não é favor algum!”
Dias lembra que o País está à beira de um colapso, devido a falta de vagas em UTIs.

“Estamos à beira de um colapso nacional na rede hospitalar. Chegamos a 255 mil óbitos no Brasil, mais de mil pessoas morrendo por dia e milhares sofrendo em hospitais lotados. Em que contribui atitudes como esta do presidente?”.

Após a troca de farpas entre o presidente Jair Bolsonaro e os chefes do poder executivos estaduais, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), chamou governadores para uma conversa virtual essa semana para discutir questões relacionadas à pandemia.

Ontem, a ministra Rosa Weber, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou ao Ministério da Saúde o custeio de UTIs para pacientes do Covid -19 nos estados da Bahia, do Maranhão e de São Paulo.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), também rebateu o presidente.

“A mentira federal sobre repasse de recursos ao Estado do Maranhão é tão absurda que o valor “informado” (R$ 36 bilhões) equivale quase ao dobro do orçamento do Estado em 2020. Vamos ter que, mais uma vez, entrar na Justiça por essa vergonhosa fake News”.

Fonte Cidade Verde

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar