Destaque

Governo Lula vai pagar R$ 200 por mês para alunos de baixa renda do ensino médio público

FOTO: REPRODUÇÃO

O programa Pé-de-Meia, do governo federal, vai pagar R$ 9,2 mil, ao longo de três anos, a cada aluno de baixa renda do ensino médio público. Segundo anúncio do ministro da Educação, Camilo Santana, o valor será dividido em R$ 200 na matrícula + R$ 200 em 9 parcelas para estudantes que tiverem frequência acima de 80% das horas letivas.

Na conclusão do ensino médio, o aluno receberá R$ 1 mil e auxílio de R$ 200 para participação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O benefício foi instituído pela lei que criou o programa e entrou em vigor nessa sexta-feira (26), dez dias após a sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Como vai funcionar o Pé-de-Meia

O aluno receberá R$ 200 ao realizar a matrícula na escola no início do ano. Depois, se o estudante registrar frequência escolar acima de 80% das horas letivas, serão pagos R$ 1.800 divididos em 9 parcelas de R$ 200. Os valores serão válidos para cada ano do ensino médio.

Ao final do 3º ano do ensino médio, o jovem poderá sacar um bônus de R$ 3 mil. Além disso, haverá uma quantia extra de R$ 200 para quem participar do Enem.

De acordo com o ministro, a primeira parcela da poupança está prevista para o final de março.

A medida pretende reduzir a evasão escolar, incentivar que os alunos concluam o ensino médio e façam o Enem.

FOTO: REPRODUÇÃO

Quais os requisitos para participar do Pé-de-Meia:

  • Ser inscrito no CadÚnico (base de dados do governo federal para coleta de informações de pessoas em vulnerabilidade);
  • Estudantes matriculados no início do ano letivo;
  • Frequência escolar de pelo menos 80% das horas letivas;
  • Participação no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Bônus

  • R$ 1 mil na conclusão dos estudos e participação em avaliações educacionais;
  • R$ 200 se fizer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no fim do 3º ano do ensino médio

Assista o anúncio do MEC sobre o programa:

Quando os estudantes vão começar a receber?

O ministro da Educação, Camilo Santana, disse que a expectativa é que o primeiro pagamento seja até o final de março.

Fonte: SBT News

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Portal É Notícias