Destaque

Guedes já admite prorrogar auxílio emergencial por até três meses

Guedes já admite prorrogar auxílio emergencial por até três meses
Guedes já admite prorrogar auxílio emergencial por até três meses – Foto: Reprodução

O ministro da Economia, Paulo Guedes, já admite, nos bastidores, topar a prorrogação do auxílio emergencial por até três meses, de agosto a outubro.

Segundo auxiliares, o chefe da equipe econômica reconhece que, se os números da pandemia seguirem ruins, a extensão do benefício será inevitável.

Em conversas reservadas, Guedes pondera, contudo, que a eventual prorrogação deverá ser seguida pelo lançamento do novo programa social que substituirá o Bolsa Família.

A atual etapa do auxílio emergencial começou a ser paga em maio deste ano e terá três parcelas, que acabarão em julho. O valor médio do benefício é de 250 reais.

Fonte: Metrópoles

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar