Destaque

Homem salva vítima de acidente, atrasa para o serviço e é demitido

Foto: reprodução

Robsom dos Santos, tem 35 anos, e ia para o serviço, nessa segunda-feira (8), quando viu um carro capotando na rodovia de Bertioga, no litoral de São Paulo. Apesar de estar na fase de experiência do serviço, o pai de família não pensou duas vezes e resolveu ajudar a salvar a vítima. A solidariedade acabou lhe custando o emprego, visto que a empresa o demitiu pela demora em chegar.

“Eu vi tudo. [O carro] capotou umas cinco, seis vezes, só na pista”, disse ao G1. O acidente aconteceu após o motorista tentar uma ultrapassagem na Rodovia Rio-Santos, próximo ao bairro Maitinga. O condutor perdeu o controle, capotou várias vezes, conforme contou Robsom, e caiu em uma vala numa mata.

Robsom havia saído mais tarde de casa para o serviço e, por conta disso, já chegaria atrasado no serviço. Ao ver o acidente ele optou por prestar ajuda, mesmo sabendo que, por estar na fase de experiência, isso poderia resultar em demissão. O autônomo entrou na mata e ao ver o carro submerso na vala salvou a vítima.

“Falei ‘oi, tudo bem? Tem gente?’. Aí ele falou ‘tem, eu estou sozinho’. Mandei ele tirar o cinto, para tirar ele, porque não conseguia virar o carro”, disse relembrando o diálogo com o motorista. Robsom teve a ajuda de outras pessoas para retirar o condutor do veículo. A vítima estava assustada, com medo e em choque, mas não teve ferimentos graves, segundo a Polícia Rodoviária.

Demitido

Depois de socorrer o motorista, Robsom concluiu o caminho até o serviço. Ao chegar recebeu a notícia que havia sido demitido. Apesar de ficar novamente desemprego, ele não se lamenta de ter parado para socorrer a vítima do acidente. “Estava no lugar certo e na hora certa, mesmo com horário atrasado”.

Robsom disse ter se lembrado dos filhos e pensou que a vítima também poderia ser. “Não sei se o rapaz era pai de família, meu intuito era ajudar… Me coloquei no lugar dele”. A vítima recebeu alta na tarde de ontem e, agora, Robsom espera poder encontrá-la.

Fonte: BHAZ

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar