Municípios

Incêndio em propriedade mata mais de 30 ovelhas em município do Piauí

Um incêndio de grandes proporções em uma propriedade localizada próxima comunidade Vitória, zona rural do município de São Miguel do Tapuio, deixou mais de 30 ovelhas mortas, somando um enorme prejuízo ao pequeno produtor rural.

As fotos chamam atenção pela quantidade de animais que foram queimados vivos no incêndio. Nas imagens é possível ver que o rebanho ficou amontoado sem ter como fugir do fogo e foi morto com as chamas.

De acordo com informações do Vereador Inácio Dantas, que mora no povoado Brejo da Onça, próximo à comunidade Vitoria, o incêndio teria começado no meio da mata, sem ter informações de quem teria colocado. O parlamentar disse ainda que o vento e o calor, junto à vegetação seca nessa época do ano, pode ter levado o fogo se alastrou rapidamente pela região, chegando até a propriedade a onde estavam os animais.

Vale destacar que os meses de agosto, setembro e outubro são os que mais registram focos de incêndios em São Miguel do Tapuio. A principal causa é devido ao período de estiagem (sem chuva) e o tipo da vegetação existente no município. Além de trazer prejuízos ao meio ambiente, os incêndios também causam danos à sociedade, em especial na saúde pública.

Provocar incêndio ambiental é crime e, ao avistar um foco de queimada, a primeira coisa que o cidadão deve fazer é procurar anotar alguma informação que possa identificar o criminoso e repassar as informações para as autoridades responsáveis.

Lembrar também que a Lei de Crimes Ambientais – Lei 9605/1998, provocar incêndios em área de vegetação é crime, com pena de reclusão de 2 a 4 anos e multa e para aqueles que causarem poluição que afete a fauna e a flora, a mesma Lei estipula uma pena de 2 a 4 anos de reclusão mais multa.

Fonte: Portal Samita

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar