Municípios

Juíza bloqueia R$ 224 mil das contas de município do Piauí por atrasar salário dos servidores

Juíza bloqueia R$ 224 mil das contas de Barreiras do Piauí por atrasar salário dos servidores

A juíza titular da Vara do Trabalho da comarca de Corrente, Kelly Cardoso da Silva, bloqueou R$ 224.280, 54 (duzentos e vinte e quatro mil, duzentos e oitenta reais e cinquenta e quatro centavos) das contas da Prefeitura de Barreiras do Piauí, para que o município, através do prefeito Maurício Neto Parente Lacerda, conhecido como Mauricin, realizasse os pagamentos dos servidores que se encontram com salários em atraso há dois meses.

Os autos do despacho foram conclusos no último dia 28 de maio de 2020.

A ação trabalhista foi iniciada, após denúncia do Sindicato dos Servidores Públicos Municipal de Barreiras do Piauí, dando conta do recorrente atraso nos pagamentos dos salários dos servidores. Em razão disso, a juíza determinou a realização de acordos para pagamento por parte do Município, que não foram cumpridos.

No despacho do dia 16 de abril, a juíza Kelly Cardoso da Silva considerou que o estado de calamidade pública e medidas de combate ao coronavírus não justificavam o descumprimento do acordo, realizado ainda no período anterior à pandemia, o qual foi descumprido.

Em função do descumprimento, a juíza bloqueou o valor a fim de garantir que o Município assuma o compromisso de arcar com o pagamento dos salários.

Outro lado

Procurado pelo GP1 neste sábado (29), o prefeito Mauricin não foi localizado.

Fonte: GP1

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar