Destaque

No Piauí, até eleição de conselheiros tutelares teve registro de boca de urna

No Piauí, até eleição de conselheiros tutelares teve registro de boca de urna
Foto: Reprodução

Os portões das escolas ondem ocorreram a eleição para a escolha dos membros dos Conselhos Tutelares, foram fechados às 17 horas, em todo o Piauí. As informações das urnas eletrônicas foram repassadas ao Tribunal Regional Eleitoral e a apuração tem previsão de encerramento às 22 horas deste domingo (06).

Os conselheiros eleitos irão atuar no quadriênio 2020/2024. Em Teresina, foi registrada lotação em algumas escolhas e demora na votação. Um eleitor foi notificado por boca de urna. Caso seja identificado o envolvimento de algum candidato que venha a ser eleito, ele pode perder o mandato.  Toda a votação foi acompanhada por um grupo de seis promotores do Ministério Público, atento a possíveis crimes eleitorais.

Na Escola Municipal Vereador José Omati, localizada no bairro Piçarreira I, a votação começou com atraso. O bairro estava sem energia desde a sexta-feira (04), quando uma forte chuva provocou estragos na cidade. A equipe da Equatorial foi até o local resolver o problema e a votação foi iniciada com atraso, provocando grandes filas.

Barras

No município de Barras, a informação é que a lotação dos dois locais de votação levou alguns eleitores a desistirem de votar. Para atender toda a cidade, foi disponibilizada apena uma escola e o prédio da Universidade Estadual do Piauí. As filas eram longas e a demora irritou alguns eleitores.

Parnaíba

Em Parnaíba, a eleição para conselheiros tutelares também registrou problemas. Algumas seções estavam fechadas, eleitores tiveram problemas para encontrarem o local de votação e ainda urnas trocadas. Alguns candidatos foram à sede da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e Cidadania, solicitar que a eleição seja anulada.

Fonte: Fala Piauí

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar