Destaque

Notícias do Trecho: Petrobras anuncia parada de manutenção de 60 dias na Refinaria de Cubatão

Os investimentos de R$ 720 milhões na parada da Refinaria de Cubatão serão aplicados em melhorias nos equipamentos. O objetivo da Petrobras com a suspensão das operações é preservar a integridade da planta, impulsionando os resultados futuros.

A Petrobras iniciará nesta sexta-feira, (10/03), a parada programada para manutenção da Refinaria Presidente Bernardes de Cubatão. Localizada no sopé da Serra do Mar e cortada pela Estrada Velha São Paulo-Santos, a estrutura passará pela maior parada já realizada, com um total de 60 dias de suspensão e R$ 720 milhões em investimentos para as operações. A reforma e manutenção dos equipamentos permitirá uma maior segurança e produtividade na planta após o retorno das atividades.

Foto: André Motta de Souza (Agência Petrobras)

Após a tomada de posse da presidência do novo CEO da Petrobras, Jean Paul Prates, a companhia vem se voltando de forma intensiva para seus ativos no mercado brasileiro. O novo presidente reforçou seu compromisso com a capacidade de refino da empresa no Brasil

Dessa forma, um novo passo para a melhoria das operações na Refinaria de Cubatão, localizada no sopé da Serra do Mar e cortada pela Estrada Velha São Paulo-Santos, foi anunciado.

A estatal iniciará uma parada de 60 dias para a realização de uma manutenção intensiva na planta a partir desta sexta-feira. O objetivo da empresa é garantir a integridade dos equipamentos, proporcionando mais qualidade operacional na volta das atividades.

Para isso, ela aplicará investimentos de R$ 720 milhões, tornando essa a maior parada de operações já realizada na Refinaria de Cubatão.

A planta é um importante ativo da estatal brasileira, com capacidade de produção de 28,5 milhões de litros de petróleo por dia em produtos como gasolina, diesel automotivo e marítimo, GLP (gás de cozinha), bunker e gasolina de aviação.

Os investimentos da Petrobras na realização da parada de manutenção da Refinaria de Cubatão não estão sendo poupados.

A empresa anunciou que, no pico de obras das operações, o esperado é que sejam mobilizadas mais de 4 mil pessoas para a parada.

As operações acontecerão nas seguintes instalações da refinaria: Destilação Atmosférica (UC), Destilação a Vácuo (UVC), Hidrotratamento de Diesel (HDT-2), Geradora de Hidrogênio (UGH-2), Coque 2, Hidrodessulfurização (HDS), Craqueamento Catalítico Fluído (UFCC) e Tocha 5 da refinaria.

A empresa reforçou seu compromisso com a qualidade operacional, destacando a necessidade da manutenção na Refinaria de Cubatão para seguir com as operações futuras.

“Em razão do grande porte dos trabalhos, a preparação começou há mais de dois anos, com a consolidação do escopo, especificação, licitação e contratação de empresas especializadas para execução”, disse a estatal.

A partir da sexta-feira, os investimentos da Petrobras serão convertidos em melhorias nos equipamentos da Refinaria de Cubatão após o início da parada de operações para a manutenção.

Conheça a Refinaria Presidente Bernardes de Cubatão

A Presidente Bernardes é uma unidade com alta capacidade de conversão, produzindo dezenas de derivados de grande valor de mercado e padrão internacional.

A refinaria é interligada com o Terminal Aquaviário de Santos, o Terminal Terrestre de Cubatão (ambos da Transpetro) e o Tecub-Terminal de Cubatão (da Petrobras Distribuidora).

Ela foi a primeira grande refinaria que construímos, logo após nossa criação. A construção foi resultado de um plano de investimentos do governo brasileiro, no pós-guerra.

Fonte: Click Petróleo e Gás

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Portal É Notícias