Picos

Novo Hospital de Picos vai atender população de mais de 40 municípios

A estimativa é de entrega da primeira etapa neste semestre.

O secretário de Estado da Saúde, Antonio Luiz, visitou as obras do novo hospital de Picos, que vai atender mais de 40 municípios da região do Vale do Guaribas e Vale do Itaim. A estimativa é de entrega da primeira etapa neste semestre.

O projeto já está com toda sua estrutura de gases medicinais e instalação de água implantados, por exemplo. Também já tiveram início a pintura das alas de enfermarias e unidade de terapia intensiva.

“Aqui será um local de referência para atendimentos de alta complexidade, uma vez que o Hospital Justino Luz será transformado em um complexo materno infantil. Nosso objetivo é já abrir a primeira etapa ainda este semestre” disse o gestor.

Obras do novo hospital de Picos – Foto: Reprodução

O novo hospital terá três pavimentos, e contará com 206 leitos de internação, 20 leitos de UTI, ambientes de apoio técnico, radiologia, administração e auditório com 135 lugares. Com o novo complexo de saúde, a população de Picos e região também vai ganhar novos serviços, pois além dos atendimentos do hospital, no espaço também será implantado um centro de imagens para realização de exames de alta complexidade.

O centro servirá tanto para atendimento dos pacientes internados no hospital, como para aqueles que forem encaminhados através do sistema de regulação de exames.

“Vamos ter aqui o que há de mais moderno em questão de exames, o que nos possibilitará fazer procedimentos mais complexos mais próximos da população”, destaca o superintendente da Rede de Média e Alta Complexidade da Sesapi, Dirceu Campêlo.

Serão ofertados no centro de diagnóstico de imagem, exames de tomografia, ressonância, hemodinâmica (que possibilitam procedimentos cardíacas, vasculares e neurológicos mais complexas), raio-X, endoscopia, colonoscopia, ultrassonografia e ecocardiograma, além de exames laboratoriais. “Toda essa estrutura será para ofertar serviços para a população do município de Picos e mais 40 cidades da região, contemplando, assim, mais de 600 mil pessoas”, lembra o secretário Antonio Luiz.

Fonte: Riachão Net

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo