Municípios

Os benefícios de pedalar: o esporte que atrai cada vez mais adeptos em Picos e região

Quando somos crianças vemos a prática de andar de bicicleta como lazer, uma diversão, algo que fazemos em companhia dos amigos. Mas nos últimos anos muitas pessoas tem levado o exercício de pedalar a sério, algo que trás benefícios não apenas físicos, mas também mentais. Como a região de Picos é rica em belas paisagens, dar um longo passeio de bike ajuda a arejar a mente, a relaxar, especialmente nessa época em que as aglomerações não são recomendadas.

O administrador e professor da Faculdade R.Sá, Israéliton Barbosa, lista os inúmeros benefícios da prática de andar de bicicleta. “Além do condicionamento físico, melhora o sono, o humor. Você faz novas amizades, emagrece e passa a se alimentar melhor para melhorar seu rendimento na bike”, relatou.


Fotos: arquivo do entrevistado

Ele começou a pedalar em 2013, quando recebeu um convite de um amigo, então não parou mais. Usa os equipamentos adequados, coisa que recomenda a quem vai começar nesse esporte, e percorre longas distâncias. Israéliton já fez o trajeto Picos-Itainópolis em 4h4min. Isso dá um total de 100,37 km.

Embora faça parte de um grupo de pedal, nesse período de pandemia ele tem procurado praticar o esporte com no máximo mais duas pessoas, mantendo distância uns dos outros.

A jornalista, professora e coordenadora do curso de Jornalismo da R.Sá, Lana Krisna, tem praticado o esporte desde junho deste ano. Ela informou que buscou uma atividade física que pudesse ser realizada durante a pandemia, e descobriu na bicicleta um exercício muito prazeroso.

“Pedalar superou minhas expectativas. Além do movimento, ganho de massa magra, queima de calorias, pedalar tem me ajudado na redução de ansiedade e das tensões provocadas por esse momento, também tem me permitido contemplar paisagens espetaculares que até então eu desconhecia na minha cidade natal (Simões)”, comentou.


Fotos: Lana Krisna

Desde que começou a pedalar, ela tem contabilizado os quilômetros percorridos, percebendo a rápida evolução. “Entre 20 de junho e 07 de agosto pedalei uma distância total de 513 quilômetros, com ganho de elevação de 3.501 metros, minha maior pedalada foi de 53 quilômetros, quando fiz o percurso entre as cidades de Simões e Caridade do Piauí. Por semana faço uma média de 76 km, seguindo o meu ritmo, ouvindo o meu corpo, sem realizar esforços além das minhas possibilidades”, relatou.


Fotos: Lana Krisna

Ela disse ainda que recebeu apoio e informações de pessoas que já praticam esse esporte há mais tempo, dentre eles Daniel Freitas, que organiza o Picos Pro Race e o professor Israéliton. Quando começou, ela se integrou ao grupo feminino de MTB “Meninas ao Vento”, que fica na cidade de Simões. Atualmente tem feito a atividade sozinha, mas quando sai em grupo, procura manter o distanciamento social conforme recomendam as autoridades.

Além de todos os benefícios físicos e mentais, pedalar te ajuda a conhecer as belas paisagens e fazer ótimos registros fotográficos, como os verificados nesta reportagem. As imagens são de autoria dos entrevistados.

Fonte: Boletim do Sertão

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar