DestaqueEducação

Piauí: Seduc articula vacinação dos profissionais da educação

Alguns estados do Brasil já começaram a vacinar os profissionais de educação. No Piauí, o secretário Ellen Gera afirma que a Secretaria de Educação está alinhando ações com a Secretaria de Saúde para imunizar os professores das redes pública e privada contra a Covid-19. “Tudo será seguido de acordo com o Plano de Imunização do Governo Federal e respeitando a ordem determinada de idade e grupos prioritários”, disse o secretário da Educação, Ellen Gera.

Segundo Ellen Gera, até a primeira semana de maio, ainda não há uma data específica para que a imunização dos profissionais de educação ocorra e tudo dependerá da quantidade de doses que o Estado receberá nas próximas semanas.

O secretário diz que ainda não há previsão concreta de retorno de aulas presenciais. A SEDUC vem priorizando a formação de professores, aulas e demais ações de forma on-line, inclusive o atendimento na sede no modelo híbrido.

O Canal Educação (YouTube, Facebook e demais plataformas), aplicativos de mensagens instantâneas, salas no Google Meets e demais ferramentas tecnológicas estão sendo usadas como aliados no processo de ensino e aprendizagem para proteger a vida de pais, estudantes e professores. “As escolas estão funcionando apenas com serviços administrativos e respeitando os protocolos sanitários e de distanciamento para dar o suporte aos docentes e discentes das unidades educacionais de todo o estado”, informa.

Ellen Gera diz que as escolas têm ganhado uma série investimentos através do PRO Piauí Educação. Sem aulas presenciais, os espaços estão sendo reestruturados, novas salas são construídas e são entregues novos equipamentos educacionais integrados à rede de ensino.

Piauí vai alfabetizar 200 mil jovens 

A educação no Piauí está em ação e Ellen Geral destaca que o Piauí tem se desenvolvido constantemente no quesito educação, fato evidenciado pelos indicadores educacionais das redes estadual, municipais e particulares. “Mas a alfabetização de jovens e adultos ainda é um desafio para toda a sociedade”, relata.

Aprovado pela Assembleia Legislativa, o governador Wellington Dias sancionou a lei Nº 7.497/2021 que dispõe sobre a execução de ações voltadas para a redução do analfabetismo no Estado do Piauí e autoriza o pagamento de bolsas de estudos aos alfabetizandos que atendam às condições que estabelece.

O secretário explicou que, mais do que um programa, o PRO Alfabetização de Jovens e Adultos (PROAJA) é uma política de Governo que será implementada por meio da Seduc, com o propósito de ampliar oportunidades educacionais apropriadas à população jovem, adulta e idosa comprovadamente analfabeta.

“Será um investimento maciço do Governo do Piauí para a redução do analfabetismo no Estado, com a execução de ações voltadas para a ampliação de oportunidades à população alvo do programa. Por isso, necessitamos da participação de toda sociedade, pois é uma bandeira em comum que proporcionará mais desenvolvimento e qualidade de vida para todos os piauienses”, revelou o secretário.

Secretário Ellen Gera diz que não há previsão para retorno de aulas presenciais
Secretário Ellen Gera diz que não há previsão para retorno de aulas presenciais

O novo programa é baseado em incentivos. Auxílios financeiros para o alfabetizando, visando motivá-los ainda mais para o retorno à escola, e para as entidades parceiras, serão disponibilizados para promover melhores resultados, colaborando para que o aluno seja realmente alfabetizado, e não só matriculado.

A SEDUC realizou consulta pública online com instituições públicas e privadas do Piauí para discutir as ações e experiências de alfabetização. “O próximo passo será a construção do plano de ação para iniciar a captação de estudantes que integram o programa, que será executado em 2021 e 2022”, informa.

PRO Piauí Educação terá investimento de R$ 1,652 bilhão

Na educação, o secretário conta que o PRO Piauí Educação tem frentes de trabalho no reordenamento da rede, melhora dos indicadores e metas, alfabetização, inclusão universitário com expansão da Universidade Aberta do Piauí (UAPI) e valorização profissional.

“O PRO Piauí Educação é o maior investimento já realizado pelo Governo do Piauí e a soma de R$ 1 bilhão e 652 milhões conquistado na Justiça pelo Estado será aplicado integralmente nas escolas da rede estadual de todo o Piauí. As melhorias visam reestruturar espaços físicos, além de promover a expansão do ensino público de qualidade com objetivo de levar desenvolvimento econômico e social de todos os municípios piauienses”, diz, enfatizando qque todas as 658 unidades educacionais do estado receberão esses investimentos.

“Para que isso ocorra de forma mais assertiva uma parceria foi firmada com Fundação Cultural e de Fomento à Pesquisa, Ensino, Extensão e Inovação (Fadex), que faz o diagnóstico e construção de projetos de reformas e construções de espaços educacionais.  Além disso, a equipe do setor de engenharia da SEDUC foi reforçada através de um seletivo para as áreas de Engenheiro Civil, Engenheiro Elétrico, Engenheiro Agrimensor, Arquiteto, Geólogo e Técnico Ambiental e Técnico de Nível Médio Substituto em Eletrotécnico e Cadista”, diz.

Fonte: Meio Norte

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar