Municípios

Piauiense publica emocionante agradecimento a doador de medula

Uma piauiense filha de agricultores da cidade de Nova Santa Rita divulgou uma carta aberta em agradecimento a um doador de medula óssea anônimo residente em Maceió (AL).

Iderlâne Marques, de 24 anos, psicóloga formada, publicou um emocionante relato de amor à vida e alegou que seu misterioso doador foi o “responsável pelo dia mais feliz” de sua vida.

A jovem descobriu possuir aplasia medular, uma doença rara responsável pela produção insuficiente de células sanguíneas na medula óssea.

Ela precisou enfrentar mais um desafio. Por ser filha única, seria necessário buscar um doador de médula que fosse compatível para poder ter chances de sobreviver.

Iderlâne e seu pai – foto: Arquivo Pessoal

Cerca de 1.600 pessoas da cidade onde morava se prontificaram a cadastrar-se como possíveis doadores para poder ajudá-la. Após meses, finalmente, um possível doador foi encontrado.

Entretanto, a boa notícia não durou muito tempo, pois, depois de três dias, o procedimento foi cancelado. Novamente, após meses de espera, um doador anônimo morador de Maceió se demonstrou compatível para a realização do transplante.

Agora, Iderlâne diz estar vivendo “uma paz única” e alegou que “nunca foi tão feliz” por ter conseguido receber uma medula compatível. Apesar de ter recebido alta, a psicóloga continuará internada durante alguns meses, mas o sentimento de felicidade e gratidão toma conta da jovem.

Fonte: Gazeta Web

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar