Picos

Picoense gerente do BB morre devido complicações pós-cirúrgicas

(Foto: Arquivo Pessoal)

A picoense Hildenia Monteiro Santos Leal, de 36 anos, veio a óbito na manhã desta sexta-feira, 11 de outubro, em Teresina.

A mesma estava internada no hospital Unimed, desde o final de agosto, com fortes dores abdominais. A causa da morte foi decorrente de compilações pós-cirúrgicas.

Hildenia era gerente negócios do Banco do Brasil e residia em Teresina. Casada com Lucas de Morais Nunes Dourado, ela deixa um filho.

A picoense era filha de Gardenia Silva Monteiro e Hidelgardo e neta de Lucimar e do comerciante Antônio Monteiro, mais conhecido como Antônio Pindô.

Seu corpo será velado a partir das 12h30 no Pax União (Espaço Nuvem) e sepultado às 08h00 no Jardim da Ressurreição, em Teresina.

Fonte: Picos 40 Graus

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar