Municípios

Poetisa morre por complicações de Covid-19 em UPA de cidade do Piauí

Poetisa morre por complicações de Covid-19 em UPA de cidade do Piauí

A poetisa Teresa Gonçalves Mendes de Carvalho, de 86 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (14/01), por complicações de Covid-19, na Unidade de Terapia Intensiva (UPA) de Oeiras/PI. Esta é a 23ª morte causada pela doença na cidade.

A vítima deu entrada em estado grave na UPA na noite desta quarta-feira (13/01). Seu quadro piorou e ela sofreu uma parada cardíaca, sendo encaminhada para a Sala Vermelha, onde ficam os pacientes mais graves, e não resistiu a complicações.

Durante anos, a família manteve a Farmácia Santa Teresinha, localizada na Praça Visconde da Parnaíba, no Centro Histórico de Oeiras.

Teresa era autora do livro de crônicas e poesias O Tempo e o Verso, lançado em 2014, durante seu aniversário de 80 anos. O livro consta de 21 poemas, quatro crônicas, uma dissertação, alguns discursos e muitas preces e orações. O texto mais antigo remonta a 1977 e o mais novo, a crônica “Sepultando os Meus Mortos”, foi escrita em junho de 2014. A primeira poesia (Poema para Lara Teresa) é de 2009 e a mais recente, Oeiras Sem Tempo, é de maio de 2014.

Fonte: Mural da Vila

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar