Destaque

Prejuízo milionário: Mais de mil cabeças de gado morrem de frio no MS

As mortes ocorreram principalmente na região da Nhecolândia, no Pantanal sul-mato-grossense.

Prejuízo milionário: Mais de mil cabeças de gado morrem de frio no MS
Cabeças de gado mortas após frio intenso no Mato Grosso do Sul | Divulgação/Iagro

Mais de 1 mil cabeças de gado morreram de frio, no Mato Grosso do Sul, desde quarta-feira (14), onde a sensação térmica, nos últimos dias, chegou a 9°C. As mortes ocorreram principalmente na região da Nhecolândia, no Pantanal sul-mato-grossense.

Equipes da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro)  estão percorrendo as propriedades onde há suspeitas de morte por condições climáticas e contabilizou, até o momento, a morte de 1.071 cabeças de gado e estima um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões para os produtores rurais.

Na manhã de sexta-feira (16), cerca de 25 bezerros foram encontrados mortos em uma fazenda de Corumbá (MS), no Pantanal, devido ao frio. O prejuízo foi estimado em 40 mil reais pelo produtor rural. Dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) mostraram que os termômetros marcaram 11°C em Corumbá, com sensação térmica de 9°C, na madrugada de sexta-feira (16).

“Foram as temperaturas registradas mais baixas desse ano. E hoje é possível que ocorram mais mortes”, afirmou o diretor-presidente da Iagro, Daniel Ingold. No entanto, de acordo com Daniel, as mortes dos animais não são tão incomuns na região do Pantanal e já foram registradas anteriormente.

Frente fria

Uma frente fria sobre as regiões Sul e Sudeste influenciaram a queda do clima na região Centro-Oeste. Em Campo Grande (MS), na quinta-feira (15), foi registrado 7,2ºC, considerada a menor mínima do ano, igualando a quarta-feira (14).A previsão climática aponta que o frio ainda deve permanecer neste fim de semana, contudo, não deve durar muito tempo devendo começar a esquentar na próxima segunda-feira (19).

Fonte: Meio Norte

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Portal É Notícias