Destaque

Professor e escritor Manoel Paulo Nunes morre aos 96 anos em Teresina

O professor e escritor Manoel Paulo Nunes, de 96 anos, morreu nesta quinta-feira (14/10), em Teresina. A vítima estava internada em hospital particular devido problemas respiratório.

Ele foi o primeiro ocupante da Cadeira nº 38 da Academia Piauiense de Letras, na qual tomou posse em 28 de agosto de 1967. Bacharel em Direito, Paulo Nunes era professor, conferencista, escritor, crítico literário e jornalista. Também foi um dos fundadores da Universidade Federal do Piauí.

    Reprodução / Facebook

Natural de Regeneração/PI, Manoel Paulo Nunes presidiu a APL de 1992 a 1995. Presidiu também o Conselho Estadual de Educação por vários mandatos.

A Academia Piauiense de Letras (APL) divulgou uma nota de pesar pela morte do escritor.

“O falecimento do Mestre Paulo Nunes, líder de várias gerações, enluta APL e representa uma grande perda para o Piauí, que ele tanto elevou com inteligência e honradez. Ao tempo que expressa o seu profundo pesar à família e aos amigos, enaltece a sua extraordinária contribuição à educação e à cultura, atividades que abraçou desde a sua juventude, exercendo-as por toda a vida, de 96 anos, com devoção, brilho incomum e ética. A sua bela e inspiradora história viverá em nossa lembrança e em nossa saudade”, diz um trecho.

Veja na íntegra:

Fonte: 180graus

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar