Destaque

Quem recebe o BOLSA FAMÍLIA ficará MUITO animado com esta NOTÍCIA

O pagamento do Auxílio Brasil referente a janeiro finalizou no dia 31. Agora, todos querem saber quando o Bolsa Família do mês de fevereiro será creditado na conta dos beneficiários. Uma boa notícia para quem espera ansiosamente este dinheiro é sua antecipação por conta do Carnaval.

Mais uma boa notícia, já que haverá um dinheirinho à mais, é que fevereiro é o mês de pagamento do Auxílio Gás, creditado bimestralmente. Portanto, além do Bolsa Família, 5,95 milhões de famílias receberão metade do valor do botijão de gás de cozinha. Se você quer saber mais detalhes do calendário deste programa social, continue lendo a matéria de hoje do Notícias Concursos e veja quando o valor cairá na sua conta.

Calendário do Bolsa Família de fevereiro

Mesmo sendo possível conhecer o calendário dos benefícios, por exemplo, o valor que será creditado para o Auxílio Gás de fevereiro não foi divulgado. Esse valor tem base em pesquisas da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), considerando a média dos seis últimos meses. No mês de dezembro, data do pagamento mais recente, foi creditado o valor R$ 112,00.

Agora, em se tratando do Bolsa Família, com a antecipação, o pagamento começará em 13 de fevereiro, seguindo até 28 de fevereiro. A ordem é o final do NIS (Número de Inscrição Social) do beneficiário.

Veja abaixo como ficará o calendário oficial que o Ministério do Desenvolvimento divulgou:

  • 1 – 13 de fevereiro;
  • 2 – 14 de fevereiro;
  • 3 – 15 de fevereiro;
  • 4 – 16 de fevereiro;
  • 5 – 17 de fevereiro;
  • 6 – 22 de fevereiro;
  • 7 – 23 de fevereiro;
  • 8 – 24 de fevereiro;
  • 9 – 27 de fevereiro;
  • 0 – 28 de fevereiro.

Quem deseja consultar os pagamentos do Bolsa Família, é só acessar o app do Auxílio Brasil ou do Caixa Tem. Lembrando que ambos estão disponíveis nas lojas de aplicativos, tanto para iOS quanto para Android.

Exigência de vacinas para o Bolsa Família

O governo parou de exigir a vacinação de crianças de zero a seis anos, para que recebam o Bolsa Família, quando o programa foi reformulado pelo governo Bolsonaro. Isso ocorreu em 2021, quando o benefício passou a se chamar Auxílio Brasil.

Da mesma forma, outras exigências para receber o benefício, como a frequência escolar e o cumprimento do pré-natal pelas beneficiárias grávidas, também deixaram de ser exigidas após a reformulação.

“Eu desejo que todo mundo cuide da vacina. Hoje, além da propaganda, é preciso convencer as pessoas. É preciso convencer o pai e a mãe que a criança tem que tomar vacina para o bem da criança, para o bem da família”, afirmou o presidente Lula.

Por fim, o governo de Lula ainda não conseguiu reverter todas as mudanças no benefício realizadas pelo governo anterior. Atualmente, o Bolsa Família paga uma parcela mínima de R$ 600 para os seus beneficiários.

Fonte: Notícias Concursos

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Portal É Notícias