DestaqueEntretenimento

Relembre as principais personalidades que morreram no ano de 2019

O ano de 2019 foi marcado por grandes perdas nas áreas esportiva, televisiva e da música. Confira as principais celebridades que morreram no ano.

Marcelo Yuka 

O baterista e fundador da banda O Rappa morreu no início de janeiro, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC).

Músico está internado em estado grave no Rio de Janeiro
Em 2000, Yuka foi atingido por tiros e ficou paraplégico ao tentar impedir um assalto (Foto: Divulgação

Ricardo Boechat 

O jornalista Ricardo Eugênio Boechat morreu em fevereiro, após o helicóptero em que estava cair na Rodovia Anhanguera e atingir um caminhão que transitava pela pista. Ele tinha 66 anos.

Jornalista trabalhou em emissoras de televisão e também escreveu para jornais impressos (Foto: Divulgação/Band)

Coutinho

Ex-jogador de futebol e ídolo do Santos Futebol Clube e Seleção Brasileira, Coutinho morreu no mês de março. Segundo o laudo médico, ele sofreu um infarto do miocárdio.

Coutinho fez parte das conquistas do bicampeonato da Libertadores e do Mundial em 1962 e 63 (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)
Eurico Miranda 

O ex-presidente do Vasco e ex-deputado federal Eurico Miranda morreu aos 74 anos em decorrência do terceiro câncer, que atingiu seu cérebro.

Ex-presidente do Vasco faleceu na tarde desta terça-feira (12)
Ex-presidente do Vasco faleceu em uma terça-feira (Foto: Paulo Fernandes/Vasco da Gama)

Beth Carvalho 

A sambista Beth Carvalho morreu aos 50 anos, em abril de 2019. A artista ficou internada durante três meses e sofreu uma infecção generalizada.

Cantora era conhecida por sua trajetória como sambista (Foto: Alex Silva/Estadão Conteúdo)

Lúcio Mauro 

O comediante Lúcio Mauro, de 92 anos, morreu em 11 de maio. O ator, que brilhou ao lado de Chico Anísio, estava internado em uma clínica, com problemas respiratórios.

Lúcio Mauro Filho fez homenagem ao pai nas redes sociais (Foto: Arquivo Pessoal)

Gabriel Diniz 

O cantor Gabriel Diniz foi mais uma vítima de um acidente aéreo. O avião em que estava caiu na cidade de Estância, em Sergipe, matando o cantor de 28 anos.

Cantor ficou famoso após o hit ‘Jennifer’ alcançar as paradas brasileiras (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

Rubens Ewald Filho 

Um dos maiores críticos de cinema, Rubens Ewald Filho, de 74 anos, morreu em maio de 2019. O jornalista foi internado em estado grave após se ferir em uma queda na escada rolante.

Crítico de cinema chegou a ser internado para tratar ferimentos (Foto: Irandy Ribas/AT)

Rafael Henrique Miguel

O jovem Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, ficou conhecido pelo comercial do brocólis ainda na infância. O ator foi assassinado junto com seus pais pelo pai de sua namorada.

Ator teria ido até a casa da namorada para conversar sobre namoro (Foto: Arte/AT)

João Gilberto 

O músico e percursor da Bossa Nova João Gilberto morreu em casa, aos 88 anos. Ele enfrentava problemas de saúde havia alguns anos.

Cantor e músico foi um dos grandes nomes da Música Popular Brasileira (Foto: Mauricio Pessoa Produções/Divulgação)

Paulo Henrique Amorim 

O jornalista Paulo Henrique Amorim morreu aos 76 anos em decorrência de um infarto no Rio de Janeiro.

Paulo Henrique Amorim era jornalista e apresentador (Foto: Divulgação)

Cameron Boyce 

O astro da Disney Cameron Boyce morreu aos 20 anos enquanto dormia. Ele estrelou o filme ‘Descendentes’.

Astro teen estrelou filmes e seriados da Disney (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Fernanda Young  

A atriz, escritora e roteirista Fernanda Young morreu aos 49 anos após ter uma crise de asma, seguida de parada cardíaca. Ela estava no sítio da família, em Gonçalves, Minas Gerais, quando passou mal.

Em setembro, Fernanda Young entraria em cartaz com a peça 'Ainda Nada de Novo'
Fernanda Young era roteirista do seriado ‘Os Normais’ (Foto: Arquivo pessoal)

Roberto Leal  

O cantor português Roberto Leal morreu em setembro de 2019, em São Paulo. Intérprete das músicas ‘Arrebita’ e ‘Bate o pé’, ele lutava contra um tumor maligno por dois anos.

Artista vinha tratando um câncer há dois anos em São Paulo
Cantor português vivia no Brasil há anos e tratava um melanoma maligno (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Maurício Sherman 

O produtor e pioneiro da TV no Brasil Maurício Sherman morreu no mês de outubro, aos 88 anos. Ele ajudou a criar o Fantástico e dirigiu quadros humorísticos.

Maurício ajudou a criar o programa 'Fantástico'
Durante suas passagens pela emissora, Sherman dirigiu programas humorísticos (Foto: Reprodução)

Jorge Fernando 

O ator e diretor Jorge Fernando morreu após sofrer uma parada cardíaca, em outubro de 2019. Jorge foi diretor de 34 produções como ‘Rainha da Sucata’ e ‘Alma Gêmea’.

Jorge Fernando moldou uma geração na TV brasileira
Jorge Fernando dirigiu novelas e seriados na Rede Globo (Foto: Divulgação)

Gugu 

O apresentador Gugu Liberato morreu aos 60 anos após sofrer um acidente doméstico e bater a cabeça, em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos.

De acordo com assessoria, apresentador sempre desejou que seus órgãos fossem doados
Apresentador caiu sobre forro de gesso enquanto arrumava ar-condicionado (Foto: Reprodução/Instagram)

Marie Fredikssin (Roxette) 

A vocalista da dupla sueca morreu aos 61 anos, após lutar contra um câncer há 17 anos. Em 2002, a cantora foi diagnosticada com um severo câncer no cérebro.

Marie Fredriksson deixa um grande legado na música pop
Marie emplacou sucessos como ‘Spending My Time’ e ‘Listen To Your Heart’ (Foto: Flavio Moraes/G1)

Bira 

O baixista Bira, conhecido por integrar a banda dos programas do apresentador Jô Soares, morreu em dezembro, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Bira ganhou popularidade no talkshow por sua risada forte e alta.

Bira integrava sexteto que se apresentava em programas televisivos de Jô Soares (Foto: Reprodução/TV Globo)

Fonte: A Tribuna On-line

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar