Destaque

Renovação da CNH: Veja como regularizar sua carteira de motorista em 2024

Se você está prestes a renovar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em 2024, fique ligado nas novas diretrizes da Secretaria Nacional de Trânsito (SENATRAN). As mudanças trazem ajustes significativos no prazo de validade, novos requisitos e multas. Veja abaixo as principais mudança para você ficar atualizado.

Agora, os motoristas têm um prazo de 30 dias após o vencimento da CNH para realizar a renovação. Há uma proposta de extensão desse prazo para 60 dias, mas isso ainda está pendente de votação. Fique atento, pois dirigir com a carteira de habilitação vencida pode resultar em uma multa de R$ 293,47.

Foto: Reprodução

Uma mudança importante é a alteração na validade da CNH com base na idade do condutor:

Motoristas até 50 anos: Renovação a cada 10 anos;
Motoristas de 50 a 70 anos: Renovação a cada 5 anos;
Motoristas acima de 70 anos: Renovação a cada 3 anos.

A cada renovação, os condutores passarão por uma nova avaliação psicológica. Aqueles com CNH nas categorias C, D e E devem apresentar resultado negativo em exame toxicológico.

Para condutores com menos de 50 anos, a renovação deve ocorrer a cada 2 anos e 6 meses, independentemente da validade da carteira de motorista. Já a avaliação de aptidão física e mental para aqueles até 50 anos foi estendida de 5 para 10 anos.

Carteira gratuita através do Programa CNH Social

Se você deseja obter sua carteira de motorista, mas enfrenta limitações financeiras, o programa CNH Social é uma opção. Ele possibilita realizar todo o processo sem custos, incluindo a autoescola.

Idosos ganham benefícios exclusivos em 2024; conheça o que é e como solicitar novidade
Disponível em vários estados por meio do Detran, o programa oferece uma oportunidade para quem busca a habilitação sem pesar no bolso, saiba mais.

Esteja ciente das mudanças e garanta uma renovação tranquila da sua carteira de motorista em 2024. Fique em conformidade com as novas diretrizes e evite contratempos no trânsito.

Fonte FDR

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Portal É Notícias