São Julião

São Julião: Loja Maçônica Cesário Ribeiro Leal realiza Sessão Fúnebre para homenagear obreiro falecido

Loja Maçônica Cesário Ribeiro Leal realiza Sessão Fúnebre para homenagear obreiro falecido

O corpo do agricultor alegretense Plácido Antônio da Silva, de 83 anos, que faleceu nesta terça-feira, 17 de setembro, vitima de complicações do diabetes e de um AVC foi conduzido à Loja Maçônica Cesário Ribeiro Leal no município de São Julião – PI para ser homenageado. Maçons de diversas cidades vizinhas participaram da Sessão Fúnebre. A referida sessão também foi aberta aos familiares, amigos e populares.

Durante a Sessão Fúnebre, o porta-voz da Loja Maçônica Cesário Ribeiro Leal, Dr. Leonardo Rocha, relembrou um pouco da história de vida de Plácido Antônio da Silva. Contou que o mesmo se ingressou junto à instituição no ano de 1981 e que pertencia à loja maçônica de São Julião desde a sua fundação em 2003. “Plácido foi um homem honrado, um bom pai, um bom esposo, que deixa seu legado de força e o exemplo de um verdadeiro maçom”, disse emocionado Dr. Leonardo Rocha, em um dos trechos de sua fala.

O agricultor foi homenageado por outras pessoas presentes, dentre eles, o venerável Leureny Sobrinho.

“Plácido era membro emérito da maçonaria, ou seja, não era obrigado mais a participar de nossos eventos, reuniões, mas ele sempre fazia questão de participar. Estamos todos tristes. Nossa loja está de luto e queremos externar nossas condolências a todos os familiares”, disse o venerável.

Logo em seguida, o corpo do agricultor foi levado à Igreja Matriz de Alegrete do Piauí para uma Missa de Corpo Presente. Após a missa, ele foi sepultado.

Sobre Plácido

O Alegretense Plácido Antônio da Silva tinha 83 anos de idade e casou-se duas vezes: a primeira com Dona Maria, também conhecida por “Doninha” com quem teve 04 filhos. A segunda vez com Isaltina e teve mais um filho. Ele ainda adotou outros dois filhos.

Veja fotos:

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar