Destaque

Usuários do Caixa Tem recebem auxílio de R$600 mas não conseguem usá-lo

Usuários do Caixa Tem recebem auxílio de R$600 mas não conseguem usá-lo

A Caixa Econômica Federal informou que na segunda-feira (20) finalizou o pagamento do auxílio emergencial, em sua primeira parcela, para: usuários da conta digital no aplicativo Caixa Tem, MEI, desempregados, trabalhadores informais, e aqueles que não estão no Cadastro Único.

Desde a última quinta-feira (16) os trabalhadores dentro dessas categorias puderam ver se o pedido foi aprovado. É que no dia anterior, 15 de abril, a Caixa recebeu mais um lote de análise do DataPrev sobre os cadastros feito no app e site.

O pagamento voltado a quem não tem conta corrente ou poupança em nenhum banco, começou nesta segunda-feira (20). Os depósitos foram passados por meio do aplicativo Caixa Tem. Segundo informações do banco, há mais de 50 milhões de downloads do app.

No entanto, milhares de pessoas têm relato instabilidade da plataforma. O aplicativo não carrega e impossibilita que o usuário acesse o valor creditado, seja para transferir a outro banco, para pagar boletos ou realizar compras online.

A mensagem transmitida, segundo relatos, é de que: “Desculpe, a nova versão do Caixa Tem estará com acesso exclusivo aos beneficiários do auxílio emergencial com poupança digital, aguarde a liberação”.

Questionado, o ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni, culpou o sistema operacional iOS, de usuários de aparelho cuja marca do celular é a Apple. Ele afirma que o problema é exclusivo dos trabalhadores com telefone desta fabricante.

“Se está tendo problema, o problema não é do governo, é do fabricante do iPhone”, afirma Lorenzoni. Ele ainda disse que a grande maioria dos usuários do Caixa Tem, usam celular do sistema operacional Android, concorrente da marca.

Leitores do FDR, com celular Andoid, relataram a mesma demora e falha no uso do aplicativo.

Para receber o dinheiro em mãos, sem contar com a ajuda da plataforma, os trabalhadores terão que aguardar até a próxima segunda-feira (27). A partir desta data começa a ser liberada a quantia em espécie.

No entanto, se todos optarem por receber o auxílio emergencial nas agências, a recomendação de isolamento social certamente será quebrada. O calendário para esta modalidade de recebimento segue a ordem:

  • 27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 28 de abril – nascidos em março e abril
  • 29 de abril – nascidos em maio e junho
  • 30 de abril – nascidos julho e agosto
  • 04 de maio – nascidos em setembro e outubro
  • 05 de maio – nascidos em novembro e dezembro

A recomendação do banco é aguardar, os pagamentos estão sendo repassados normalmente. E o app deve voltar a funcionar o quanto antes.

Fonte: FDR

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar