Alegrete do PiauíDestaqueEntretenimentoMunicípios

Atriz alegretense ‘Socorro Barros’ conquista prêmio ‘Marcas Vitoriosas’ na categoria melhor atriz piauiense

Atriz alegretense ‘Socorro Barros’ conquista prêmio ‘Marcas Vitoriosas’ na categoria melhor atriz piauiense

A cidade de Picos foi palco, na noite do último sábado (08), da grande festa de premiação, inspirada no ‘Oscar’ e intitulada ‘Marcas Vitoriosas’, idealizada pelo empresário Wedson Bezerra, diretor executivo da empresa ‘Carreira Vitoriosa’.

No ‘Espaço Fátima Sá’, diversos profissionais das mais variadas categorias foram premiados, dentre eles a jovem atriz alegretense, Maria do Socorro de Sousa Barros, que conquistou o título na categoria ‘Melhor atriz que mora no Piauí’. O valoroso reconhecimento profissional tem ainda maior peso por se tratar de uma votação popular, onde, através da internet, o público tem a oportunidade de escolher seus profissionais favoritos dentre as categorias apresentadas.

A atriz descreveu enorme surpresa com a indicação e uma grande alegria pelo apoio recebido junto aos amigos e familiares de sua cidade, Alegrete, bem como dos municípios vizinhos que a acolheram, como Picos.

“Fiquei muito feliz mesmo, pois vi o meu trabalho ganhando tamanho destaque na região, e a indicação partiu das pessoas de Picos, cidade na qual me sinto muito bem, pelo acolhimento e pelo carinho que tenho ganhado lá através do meu trabalho. Em seguida pelo apoio do povo da minha cidade, Alegrete, que me apoiou em peso mesmo, votando, compartilhando nas redes sociais, quando eu vi essa movimentação das pessoas, fiquei impressionada, e muito grata, porque muitas vezes chegaram pessoas na minha casa, ou me paravam nas ruas me dizendo que também queriam votar”, relatou a atriz.

Esta foi mais uma conquista na dedicada carreira de Socorro Barros, tendo participado do filme premiado nacionalmente, ‘Vidas Cruzadas’, do cineasta conhecido na região, Douglas Nunes. A boa parceria com o mesmo rendeu ainda atuação em outro recente longa dirigido pelo cineasta, ‘O Diário de Enoe’ (2016). Nesta mais recente atuação, Socorro Barros interpretou o papel de Enoe Santos Nunes (1915/1938), jovem picoense de 23 anos, filha do prefeito Elizeu Pereira Nunes, que levou uma vida dedicada aos exemplos de Jesus através da prática do bem, cuidando dos doentes, enfermos, encarcerados e demais, tendo como principal objetivo confortar os necessitados através da palavra de Jesus.

De família humilde, filha do agricultor aposentado, sr. Luís Gonzaga de Barros e da dona de casa aposentada Francisca Rosa de Sousa Barros, a jovem atriz galgou com muito empenho seus primeiros passos para chegar até as posições de destaque, iniciando sua vida artística desde cedo, através de brincadeiras de montar circo junto dos irmãos e outras crianças amigas na época. O talento foi tomando forma quando nas apresentações de escola a jovem recebeu o incentivo de alguns professores como Hermilinda, Leilian, Jucileide e Liduína. Já mais afinada com o desejo de atuar, a mesma contou com o apoio dos padrinhos, Joaquim e Marlene Leal, passando a ministrar aulas de teatro em municípios da região de Picos, como Alegrete do Piauí, Vila Nova e Francisco Macedo.

“Não foi fácil. Não é fácil até hoje. É preciso ter muita fé em Deus e muita coragem para não desistir do sonho, pois os percalços que já passei foram enormes, mas eu sempre lutando, madrugando muitas vezes em casa ou, ou pelas estradas, acreditando sempre mais do que ninguém em mim mesma, ouvindo de tudo um pouco, mesclando a minha vontade de continuar e buscando ousar ainda mais, pois viver da arte cinematográfica no semiárido piauiense, só tendo um sonho e muita ousadia mesmo. Desde o começo até aqui tenho lutado e trabalhado em outras áreas para tentar investir um pouco a cada dia no meu sonho e conto com meus pais, sempre presentes me ajudando”, desabafou.

Chegando ao oitavo período do curso de Letras Inglês, na FAFOPA – PE, Socorro Barros prepara-se para os próximos passos na carreira, com uma futura atuação no novo filme ‘ O Morro Assombrado’, do diretor piauiense de Dom Expedito Lopes, ‘Josely Ecologista’. Além da participação, a atriz tem se arriscado no ramo musical, com composições prontas as quais a mesma aguarda resposta para torna-las trilhas de sonoras de outros filmes.

“Dedico este prêmio primeiramente à Deus, que sempre me fez acreditar, a minha família que está sempre do meu lado e aos meus fãs agradeço de coração pelo voto e pelo carinho. Quando a gente tem pessoas que acreditam no nosso potencial, não pensamos em desistir. É impagável quando o público reconhece o tamanho da gente”, finalizou.

Confira mais imagens:







 Sarah Maia/Piauí em Foco 

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar