DestaqueMunicípios

Câmara de município do Piauí ignora crise e aprova aumento de 32% para secretários

Secretários foram contemplados com aumento nos salários (Foto: Gustavo Almeida)

Enquanto o corte de gastos, a redução de cargos e a contenção de despesas acontece na administração pública em todo o país, o município de Dom Inocêncio segue na direção contrária. Este mês, os vereadores aprovaram uma lei enviada pela Prefeitura que aumenta em 32,5% o salário dos secretários municipais. A lei foi sancionada na segunda-feira (27) pela prefeita Virgínia (PP).

A remuneração que era de R$ 2 mil passa a ser R$ 2.650. Dom Inocêncio possui aproximadamente 10 secretários municipais, cuja nomeação cabe exclusivamente à livre escolha da chefe do Poder Executivo. O aumento no subsídio dos secretários foi uma das poucas leis aprovadas pela Câmara na atual legislatura.

Dos vereadores presentes na sessão, apenas Zé Nilton (PSDB), Raimundo do Lero (PSDB) e Ângelo Oliveira (PMDB) votaram contra o aumento para os secretários. Os parlamentares discordaram do reajuste de gastos públicos numa época de crise.

Novos gastos
No dia 10 deste mês, também foi sancionada pela prefeita uma lei que cria gratificações para membros da Comissão de Licitação. As gratificações instituídas são nos valores de R$ 700 para a presidente da Comissão, R$ 600 para os membros titulares, 550 para o membros da comissão especial e R$ 400 para os membros da equipe de apoio aos pregoeiros.

Acesse Piauí

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar