DestaqueMunicípiosNotícias

Carroceiro é liberado da delegacia após confessar que matou e enrolou em tapete corpo de jovem no Piauí

Carroceiro se apresentou à polícia.
Carroceiro se apresentou à polícia.Foto: CidadeVerde

O carroceiro suspeito de matar um homem identificado como Fábio Rodrigues dos Santos Silva, de 23 anos, se apresentou na manhã desta segunda-feira (5) na sede da Delegacia de Homicídios, na zona Sul de Teresina. Ele prestou depoimento, acompanhado de sua advogada, e foi liberado, já que não há mais flagrante. Segundo a polícia, o carroceiro Amarildo da Silva matou a vítima na noite de sexta-feira (2), enrolou o corpo do jovem em um tapete e jogou num matagal próximo a Ponte Wall Ferraz, na zona Leste da capital.

De acordo com o coordenador da delegacia de Homicídios, delegado Baretta, o suspeito se apresentou e assumiu a autoria do crime alegando que praticou após se desentender com a vítima. Segundo relatou, o suspeito tem um amigo que estava paquerando a companheira de Fábio, que revoltado, começou a dizer que ia matar o rapaz, que é amigos do carroceiro. Na madrugada, Fábio e o carroceiro se encontraram e acabaram discutindo momento que aconteceu o crime.

O carroceiro ainda disse à polícia que a vítima estava com uma faca para matá-lo, mas ele pegou um pedaço de madeira e conseguiu acertar a cabeça da vítima. Quando a vítima estava morta ele teria sido orientado por outra pessoa que deveria ocultar o corpo. Por conta disso, a Polícia deverá intimar essa outra pessoa que sabia do crime e não denunciou o suspeito.

Portal R10

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar