DestaqueNotícias

Chuvas devem ficar mais constantes e B-R-O-Bró começa a recuar, diz meteorologista

Chuvas devem ficar mais constantes e B-R-O-Bró começa a recuar, diz meteorologista

Os teresinenses foram surpreendidos na noite desta quinta-feira (23) com uma forte chuva, considerada atípica para o período do B-R-O-Bró. No entanto, a população deve começar a se preparar para a chegada do período chuvoso, isso porque as precipitações devem ficar cada vez mais constantes e as altas podem começar a recuar.

É o que afirma Sônia Feitosa, meteorologista da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar). Segundo ela, o período chuvoso já se iniciou no Sul do Piauí e em Teresina ele começa geralmente em dezembro. “Não é que já seja efetivamente o período de chuva, mas a tendência agora é começar a estabilizar as precipitações e o B-R-O-Bró entrar em sua fase final”, afirma Sônia.

No município de São Raimundo Nonato, a 521 quilômetros de Teresina, houve chuva de granizo nesta quinta-feira. Os fortes ventos acabaram por derrubar o Cruzeiro que fica em um mirante próximo à catedral da cidade, mas não houve registros de feridos. Uma torre de telefonia também foi atingida, o que deixou alguns trechos de São Raimundo sem comunicação por algumas horas.

O granizo que caiu em São Raimundo não é algo novo para os piauienses e um fenômeno característico de cidades quentes, de acordo com o setor de meteorologia da Semar. As pedras de gelo se formam em razão do contraste de temperatura entre a atmosfera mais alta e mais baixa.

Sônia Feitosa explica: “Há formação de nuvens propícias e elas são extremamente frias. Então quando há contato com uma nuvem quente, muda a pressão e o sistema de vento que forma pequenas partículas de gelo. Elas começam a crescer até ficarem pesada e se precipitarem”.

Em São João do Piauí e União também houve relatos de forte chuva acompanhado de ventania. Em Teresina, a chuva acabou causando um apagão em boa parte da cidade, deixando vários bairros às escuras. Isso ocorreu devido a uma falha no sistema de Chesf, que interrompeu o suprimento de energia às subestações da Capital. Em algumas regiões da zona Leste, o fornecimento foi regularizado durante a madrugada, mas alguns bairros como Saci, na zona Sul, e Santa Maria, na zona Norte, ainda amanheceram o dia sem luz.

Ao falta de energia prejudicou a sinalização semafórica na Avenida Frei Serafim, onde um congestionamento se formou no começo da manhã.

Fonte: O Dia

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar