DestaqueMunicípiosNotíciasPolícia

Corpo de Camilla é achado e policial teria feito sexo com ela antes de matá-la

Corpo de jovem foi achado na Zona Rural de Teresina
Corpo de jovem foi achado na Zona Rural de Teresina 

O corpo da jovem Camilla Abreu foi localizado na tarde desta terça-feira (31/10), próximo a BR-343, região do povoado Mucuim, Zona Rural de Teresina. A estudante de Direito estava desaparecida desde a madrugada da última quinta-feira (26/10).

O então namorado dela, capitão da Polícia Militar Allisson Wattson, foi preso e indicou o local onde o corpo está. As investigações apontaram que ele fez sexo com ela dentro do carro antes de matá-la com um tiro no rosto após uma discussão.

Local onde o corpo foi achado
Local onde o corpo foi achado    Foto: Maelson Ventura

O delegado Baretta confirmou a prisão do policial e a apreensão do carro que ele usava no dia que o crime foi cometido e que ele tentou limpar o sangue após assassinar a jovem.

“Foi achado o cadáver, fizemos incursões e a tarde foi feita a localização. Tem uma equipe na Delegacia de Homicídios interrogando ele [policial].”, disse o delegado Baretta no local em que o corpo foi achado.

    Foto: Maelson Ventura

POLICIAL TEM UM SÍTIO PRÓXIMO ONDE CORPO FOI ACHADO
A família do policial Allisson Wattson tem um sítio próximo ao local onde o corpo da estudante de Direito foi encontrado, que também é perto de onde o celular dela teria sido deixado no dia do desaparecimento.

CORPO VAI PASSAR POR EXAMES NO IML
Após a perícia ser realizada no local onde o corpo foi encontrado, o instituto Médico Legal fará exames que serão determinantes para conclusão da investigação.

“O perito vai analisar o corpo, ela vai ser levada para o Instituto Médico Legal e ai vai ver se ela foi colocada aqui ainda viva ou se já estava morta”, disse o delegado Baretta.

    Foto: Maelson Ventura

FAMÍLIA REVOLTADA COM O CRIME
“A gente já sabia que a possibilidade de achar ela vida era remota, mas é uma perda grande, um cara que teve as portas da casa da mamãe abertas, um militar, um policial, cara da instituição, meus colegas perguntando se podem chegar em casa, temendo a revolta com a categoria. Lá em casa meu pai é de infantaria, nós temos históricos, esse cara mancha a imagem da instituição”, disse o tio de Camilla, Jandeilton Rodrigues.

POLICIAL ESTÁ NA DELEGACIA DE HOMICÍDIOS
Informações dão conta que  Allisson Wattson já está na Delegacia de Homicídios, localizada no bairro Morada Nova, na Zona Sul de Teresina, prestando depoimento.

Na porta da delegacia vários populares se aglomeram revoltados com a situação. Um mulher disse em entrevista á TV Antena 10 que se fosse um negro e pobre, teria sido agredido e teria o rosto exibido para todo mundo ver, mas como é policial, está sendo escondido, poupado.

Delegacia de Homicídios
Delegacia de Homicídios    Foto: Maelson Ventura

CARRO DE POLICIAL FOI APREENDIDO
A Polícia Civil também apreendeu o carro do policial Allisson Wattson, um Corolla, que ficou manchado com sangue de Camilla e no dia seguinte ele tentou lavar os bancos em um lava jato. O militar teria trocado um dos banco e tentado vender o veículo na cidade de Campo Maior, onde já trabalhou em um batalhão, mas devido ao cheio de sangue, não conseguiu negociar o carro, mesmo oferecendo um valor menor que o de mercado.

    Reprodução TV Antena 10

NOTA DA SECRETARIA DE SEGURANÇA
A Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP – PI) informa que o capitão da Polícia Militar, Alisson Watson, foi preso na tarde desta terça-feira (31), suspeito de assassinar a estudante Camila Abreu . O corpo da vítima foi encontrado no povoado Mucuim, localizado em uma entrada após o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Br 343. O delegado Francisco Costa “O Bareta” está em deslocamento e poderá conceder entrevistas no local.

Fonte: 180

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar