Municípios

Criança de um ano diagnosticada com Covid-19 deixa hospital no Piauí e será tratada em casa

Criança de um ano diagnosticada com Covid-19 deixa hospital no Piauí

Uma criança que estava internada com coronavírus no Hospital infantil Lucídio Portela (Hilp), em Teresina, teve alta nesta quarta-feira (27) para continuar o tratamento em casa. Eduardo Gabriel, de 1 ano, chegou ao hospital com dificuldades de respiração e foi diagnosticado com a Covid-19. Com a evolução, ele foi liberado para ficar em quarentena, mas em casa, seguindo a orientação médica no uso dos medicamentos.

De acordo com o hospital, Eduardo Gabriel chegou encaminhado do bairro Parque Piauí, Zona Sul de Teresina, apresentando tosse e problemas respiratórios. Já no Hospital Infantil, ele foi submetido a um raio-X, onde foi descartada a possibilidade de pneumonia.

Na rede social do Hilp, a direção publicou a foto de Eduardo e a mãe segurando uma placa de agradecimento aos profissionais do Hospital Infantil. O governador do Piauí, Wellington Dias, comentou a publicação e comemorou a alta.

“Que ótima notícia”, disse o governador.

Segundo o Painel Epidemiológico da Covid-19 no Piauí, divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesapi), o número de casos entre crianças de zero a nove anos corresponde a 2,5% do total de infectados. Nesta quarta-feira (27), o Piauí registrou 401 altas médicas de pacientes com coronavírus.

Decretos determinam distanciamento social

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas. Aulas em escolas e universidades, a maioria das atividades comerciais, esportivas e de serviços em geral estão suspensas por tempo indeterminado.

Serviços essenciais como farmácias, postos de combustíveis e supermercados continuam mantidos mas estão regulamentados. O atendimento em clínicas, hospitais e laboratórios, assim como o funcionamento de escritórios de advocacia e contábeis também foram liberados mediante cumprimento de regras.

O uso de máscaras em locais públicos tornou-se obrigatório em todo o estado. Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.

Fonte: G1 Piauí

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar