Alegrete do Piauí

Durante encontro com Niède Guidon, poetisa alegretense trata sobre seu livro

Durante encontro com Niède Guidon, professora e poetisa alegretense trata sobre seu livro

A professora e poetisa alegretense Antônia Vilma de Araújo Oliveira esteve participando recentemente na cidade de São Raimundo Nonato do Evento 40 anos do Parque Nacional Serra da Capivara e do lançamento do filme que conta a história da arqueóloga Dra. Niède Guidon.

Logo após o evento, a professora e poetisa Vilma Araújo conta que foi recebida na residência da arqueóloga Niède Guidon, ocasião onde pôde falar com a mesma sobre o Projeto “Meu Livro de Poesias” livro de sua autoria que trata de temas contemporâneos, vida espiritual e e exalta as belezas do Estado do Piauí.

“Já estive três vezes em São Raimundo Nonato, duas vezes estive com Niède Guidon. Dei um grande e singelo presente a ela, um banner com uma poesia sobre o seu importante trabalho”, disse a poetisa alegretense.

Vilma Araújo presenteia a arqueóloga Niède Guidon

Sobre a professora e poetisa Vilma Araújo

Antônia Vilma de Araújo Oliveira é natural de Alegrete do Piauí (quando ainda Distrito de São Julião), casada com o Pr. Francisco Batista com quem tem dois filhos, Marcus Vinícius e Matheus Francisco. Professora Graduada em História pela FAFOPA Araripina-PE, Pós-Graduada em Planejamento e Políticas Educacionais URCA Cariri-CE. Servidora Pública desde o Concurso do ano 1993, ativa na Educação e Cultura, com participação nas Conferências, Simpósios, Fóruns etc. É poetisa, autora de mais de 100 poesias sobre diversos temas com destaque para a Cultura Regional e Local do Piauí. Já exerceu diversos cargos e funções, tais como: Professora, Secretária Escolar, Bibliotecária, Coordenadora Pedagógica e Diretora Adjunta. Com vasta experiência, já ocupou também o cargo de Secretária Municipal de Cultura de Alegrete do Piauí. Evangélica, atua como missionária desde o ano de 1998.

“Como esposa e mãe de um jovem Pastor, me sinto honrada por Entender e Atender o Chamado maior que é o Reino de Deus, bem como contribuir na Educação, Cultura e em outras áreas com Projetos e Lindos Poemas. Sou órfã de pai e mãe, porém, mãe e filha de muita gente! Maior Desafio: Lutar por um mundo melhor e mais justo, através das áreas que atuo. Uma Grande Admiração: Por todos aqueles que lutam por seus objetivos, e, não desiste dos sonhos, mas procura dá cor e sentido a esse mundo, entendo que, a vida é uma poesia. Tiro o meu chapéu a todos que entregam seus planos e projetos nas mãos de Deus, esperam, confiam no cumprimento divino, pois esses são mais do que vencedores!”, declarou.

Sobre o gosto pela poesia, Vilma Araújo foi enfática: “O despertar pela poesia surgiu a partir de um lançamento do 1º Concurso de Poesia promovido pela Prefeitura após a Emancipação do município, na gestão do então 1º Prefeito de Alegrete do Piauí, o Sr. Edílton Alencar, a partir daí desabrochou a Flor da Poesia em mim”, explicou.

Vilma Araújo na Chapada da Pedra em Alegrete do Piauí

Confira abaixo, um dos poemas de Vilma Araújo que exalta o Piauí:

UM CONVITE ESPECIAL

Convido você para passar ou passear nas férias na Terra Querida,
Filha do sol do Equador…

O Piauí tem o que mostrar,
Deixa o turista encantado,
E a vontade de voltar,
Ao chegar à Teresina você vai se apaixonar.
Delta do Parnaíba,
Serra da Capivara,
Sete Cidades,
Pedro II, Chapada da Pedra
Cachoeira do Urubu,
Campo Maior,
Castelo, Tibungo, tem muito!

Faça Turismo, saiba escolher
Lugar atrativo, beleza natural
Somente o Piauí pode oferecer
Os exuberantes panoramas
Belas Praias, esperando por você!

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar