DestaqueMunicípios

Ex-comandante de GPM ataca esposa a facadas e depois comete suicídio em Geminiano

Um caso de violência contra a mulher chocou o município de Geminiano na noite de quarta-feira (28). O subtenente aposentado da Polícia Militar do Estado do Piauí Antônio Mendes da Cunha, 55 anos, atacou a companheira Francisca Petronília de Moura, 41 anos, a golpes de faca durante uma discussão.

Segundo informações levantadas pela polícia, as duas filhas da mulher, de 18 e 21 anos, frutos de um relacionamento anterior, presenciaram o crime e correram para pedir socorro aos vizinhos.

A vítima sofreu quatro perfurações e foi levada para o Hospital Regional Justino Luz, em Picos. De acordo com a família, a mulher passou por duas cirurgias nesta quinta-feira (29) e seu estado de saúde no momento é estável.

whatsapp-image-2016-12-29-at-18-46-04

Fontes próximas revelaram que o casal vivia junto há cerca de quatro anos e nos últimos meses o relacionamento passava por dificuldades. A vítima, inclusive, já teria prestado queixa contra o companheiro em outra ocasião, mas retirou a acusação logo depois.

A polícia não informou até o momento qual seria o motivo da discussão que levou o subtenente a agredir a mulher. Os vizinhos e familiares acreditavam que após praticar a violência, ele houvesse fugido, mas seu corpo foi encontrado com sinais de suicídio, na tarde desta quinta-feira (29), na lavanderia da residência onde vivia com Francisca Petronillia e suas duas filhas.

Antônio Mendes da Cunha chegou a comandar o Grupamento da Polícia Militar de Geminiano entre os anos 2000 e 2004 e também foi comandate do GPM de São Julião – PI.

VEJA MAIS FOTOS:

whatsapp-image-2016-12-29-at-18-45-42whatsapp-image-2016-12-29-at-18-46-21whatsapp-image-2016-12-29-at-19-07-20whatsapp-image-2016-12-29-at-19-08-32whatsapp-image-2016-12-29-at-18-44-39

Grande Picos

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar