DestaqueMunicípiosNotícias

Há 9 anos lutando pela vida e com três tipos de câncer, jovem de Massapê do Piauí precisa de ajuda

Há 9 anos lutando pela vida e com três tipos de câncer, jovem de Massapê do Piauí precisa de ajuda
Há 9 anos lutando pela vida e com três tipos de câncer, jovem de Massapê do Piauí precisa de ajuda

O ÉNotícias assim como o portal Cidades na Net é colaborador de uma campanha em prol do tratamento de saúde da jovem Richelly Nascimento da Costa, de 28 anos, que há nove anos luta pela vida. Uma reportagem produzida com a colaboração da própria Richelly, conta um pouco dos muitos desafios enfrentados ao longo desses anos, da sua fé inabalável e determinação em viver.

Tudo começou em maio de 2008, quando a bela e alegre jovem, aos 19 anos, foi diagnosticada com um tipo de câncer de medula espinhal. Desde então, a vida de Richelly e de sua mãe Vanda, se transformaram. Richely perdeu os movimentos das pernas e passou a utilizar cadeira de rodas. Já se foram dezenas de viagens entre sua cidade natal, Massapê do Piauí, e Teresina, onde realiza tratamento de saúde.

Nesse período, Richelly já foi submetida a seis cirurgias na medula, e também venceu. Em meio a tantas dificuldades, ela conseguiu ingressar e concluir o curso de Bacharelado em Administração de Empresa, sendo homenageada pela turma; chegou a trabalhar como atendente na Unidade Básica de Saúde de Massapê do Piauí.

Fotos dos eventos da Formatura em Administração

O quadro de saúde de Richelly esteve estável, até que em dezembro, ela voltou a sentir dores e outros sintomas, e no início desse ano, em janeiro, ela foi levada às pressas para Teresina, sendo submetida a novas sessões de radioterapia na medula, mas o tratamento não obteve sucesso. A opção era realizar mais uma cirurgia. Diante disso, foram feitos exames e foi constatado outro tipo de câncer, desta vez, na região inguinal. “Esse outro eu comecei a tratar com cirurgia no local, e como a radioterapia não tinha efeito na medula, tive também recaída na medula, e passei a sentir fortes dores”, conta.

A situação que já era delicada, se agravou ainda mais. Richelly passou a lutar contra dois tipos de câncer diferentes. “Senti uma insuficiência respiratória e um cansaço imenso. Voltei ao médico novamente e descobri que estava com um líquido na pleura, uma capa que cobre o pulmão e ossos. Fiquei internada por vários dias com a ajuda de oxigênio, e não melhorei completamente. Agora recebi a biópsia e descobri mais outro tipo de câncer, lesões nos pulmões, que foi o que mais dificultou agora. Devido a essa lesão nos pulmões, os médicos resolverem não fazer mais a cirurgia da medula”, relatou.

Richelly e a mãe Vanda

Segundo Richelly, os médicos analisaram e descartaram o tratamento com quimioterapia para combater o câncer de medula, que até então vinha sendo combatido com cirurgia e radioterapias. “As radioterapias na medula também foram descartadas, devido ele ser muito resistente e agressivo. Por enquanto, a cirurgia também está descartada, devido tumor da medula está muito grande. Praticamente comprometeu a medula inteira já”, acrescentou.

A jovem luta, agora, contra três tipos de câncer diferente: de medula espinhal, inguinal e nos pulmões. Desde o início ano, Richelly e a mãe estão em Teresina, alternando entre o Hospital e a casa de apoio do município de Massapê do Piauí. O agravamento do estado de saúde da jovem tem exigido a realização de muitos exames, elevando em muito os custos do tratamento.

“Vou ter que permanecer aqui em Teresina por tempo indeterminado devido a todos esses problemas. Estamos enfrentando muitas dificuldades em busca de minha saúde. Estamos passando por um momento muito delicado, eu, juntamente com minha família e amigos estamos vivendo um pesadelo muito grande. São momentos de dores, dificuldades, preocupações e muito cuidado. Não está sendo nada fácil para mim e minha família, pois de 2008 pra cá, essa foi a pior recaída que já tive. O câncer voltou, e voltou bem mais forte, resistente e em mais dois órgãos”, diz.

Uma campanha para arrecadar recursos para ajudar no custeio do tratamento de Richelly foi iniciada por um grupo de amigos no último sábado, 24, após a celebração da Missa Solene dos Festejos de São João Batista, em Massapê do Piauí. Será realizado o sorteio de um liquidificador.

Quem desejar contribuir com a campanha e ajudar a jovem Richelly, poderá comprar a rifa, ou mesmo, realizar doações em conta bancária.


DADOS BANCÁRIOS:
Caixa Econômica Federal
Conta Poupança: 23770-0
Agência: 2004
Operação: 013
Beneficiária: Vanda Ferreira do Nascimento Costa.


Sem perder a fé diante de tantos problemas, Richelly agradece a Deus. “Agradeço imensamente a Deus todos os dias pela minha vida, mesmo com muitas dores e muito desconforto, por renovar as minhas forças a cada dia, minha fé viva em Deus, minha autoestima, minha perseverança, a esperança a cada dia por dias melhores, paciência, por ter uma mãe, familiares e amigos maravilhosos”, disse.

A jovem afirma que vai perseverar na luta pela vida. “A luta está sendo grande, mas a vitória vai ser bem maior, em nome de Jesus Cristo. Eu não perco minhas esperanças, acredito muito em Deus e em milagres, e sei que ele vai operar um grande milagre em minha vida, a graça da cura. Peço também, encarecidamente, a minha família, amigos e a todos, muitas orações, pois só Deus, as nossas orações e a fé me mantêm viva até aqui. Peço oração pela a minha saúde e para que Deus fortaleça cada vez mais minha família que está sofrendo neste momento junto a mim”, finalizou.

Cidades na Net

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar