Alagoinha do PiauíDestaquePolícia

Investigação aponta que vítima de chacina em Alagoinha recebia ligações com ameaças

Investigação aponta que vítima de chacina em Alagoinha recebia ligações com ameaças

A justiça quebrou o sigilo telefônico de Antônio Sebastião de Sá, conhecido como Antônio Virgílio, que foi morto no dia 02 de agosto na comunidade São João, zona rural de Alagoinha do Piauí, durante chacina que tirou a vida também de sua mãe Terezinha Francisca de Sá e a empregada doméstica Francisca Maria da Conceição.

Devido o crime ser complexo e envolver vários elementos, o delegado Aureliano Barcelo, que comanda as investigações, pediu prorrogação do prazo para conclusão do inquérito.

De acordo com o delegado, Antônio Virgílio tinha uma grande rede de contatos e fazia muitas ligações. Perguntando se a quebra do sigilo telefônico revelou a existência de ameaças, o delegado disse que “ele recebia algumas ligações”.

As investigações estão bastante avançadas, alguns suspeitos de envolvimento nas mortes já foram identificados e a polícia trabalho no levantamento de provas para pedir as prisões preventivas.

Fonte: Jonas Rocha/Web Piauí

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar