DestaqueMunicípiosNotícias

Jovem é assassinado a facadas por dívida de R$ 5 no interior do Piauí

Jovem é assassinado a facadas por dívida de R$ 5 no interior do Piauí

Na madrugada de domingo para segunda um jovem identificado apenas como “Sebo”, de 21 anos, foi assassinado a facadas no bairro Santa Terezinha, no município de Cocal, na região Norte do Piauí. João Rodrigues Veras de Normandia, o “Rodrigo”, de 19 anos, e sua companheira Ana Maria de Araújo, de 26 anos, foram presos e confessaram o homicídio.

O crime ocorreu por volta de 1h da madrugada quando a vítima foi surpreendida pelos dois acusados. No local, segundo testemunhas, eles tiveram uma intensa luta corporal. Atingido a facadas, “Sebo” ainda tentou se salvar dentro da casa de taipa, onde caiu e foi novamente golpeado por um dos acusados.

A Pericia Criminal esteve no local e confirmou que duas perfurações mataram o jovem. “Uma [perfuração] na altura do tórax abaixo da região da subclávica esquerda, e outra na região superclávica. Duas pegaram o pulmão e essa na região subclávica houve uma incisão com torsão do instrumento, abriu um buraco bem grande, que atingiu os vasos do coração e por isso ele perdeu muito sangue”, afirmou o perito Péricles Avelino.

De acordo com a delegada Daniela Dinali, o casal acusado de praticar o homicídio se apresentou espontaneamente na Delegacia de Polícia Civil.

“Está tudo sendo investigado, embora os primeiros levantamentos indiquem que ele tenha sido o autor e que ela teve participação. Os fatos só ocorreram por causa da participação dela. Esse rapaz, o “Sebo”, ele já era conhecido da polícia, com passagens por furto e era usuário de drogas”, afirmou.

Acusados de praticar o crime. (Imagem: Reprodução)

O acusado e a namorada confessaram o crime que, segundo eles, teve como motivação uma dívida de R$5 (cinco reais) referente a um par de brincos que ela vendeu para a vítima.

“A gente estava junto em um barzinho, aí ela [Ana Maria] cobrou um pá de brincos dele. Ele já estava meio alterado e os dois começaram a ‘se pegar’ lá no chão, e aí depois eu fui tirar satisfação com ele. Depois eu fui na casa dele, aí ele se armou. Ele veio para cima de mim e eu acabei matando ele”, confessou João Rodrigues.

Ana Maria afirmou que o crime ocorreu por conta de uma dívida de R$ 5. “Foi por causa de um brinco que ele estava me devendo. Nós estávamos bebendo e aí eu cobrei ele. Eu perguntei por meu dinheiro, ele, alterado, veio para cima de mim e aí nós brigamos. Ele saiu para fora e pegou um facão”, detalhou.

Maria Assunção de Faria, tia da vítima, conta que pediu várias vezes para o sobrinho deixar o submundo das drogas. “Eu pedi para ele largar essas drogas. Eu pedia para ele ir para a Igreja, mas ele não queria quis ir”, disse.

Meio Norte

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar