MunicípiosPolítica

Lula lidera e Bolsonaro supera Aécio, diz pesquisa; veja os números!

Na pesquisa espontânea, em que não é apresentada uma relação de candidatos ao eleitor, o petista tem 16,6% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro, com 6,5%, e Aécio, com 2,2%. A ex-ministra Marina Silva (Rede) teria 1,8%, e o presidente Michel Temer (PMDB) seria o quinto, com 1,1%. Os eleitores também citaram a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), 0,9%, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), 0,7%, e o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), 0,4%.

Na avaliação da CNT, chama a atenção o alto número de indecisos, brancos e nulos, que somam quase 70% dos eleitores que responderam à pesquisa espontânea. Para o instituto, isso “favorece o surgimento de novas lideranças políticas e de propostas” e torna a eleição indefinida.

Na pesquisa estimulada, foram apresentados três cenários aos eleitores e, em todos, Lula e Marina Silva avançariam para o segundo turno, com Bolsonaro, Aécio e Alckmin também podendo avançar, já que ficam dentro da margem de erro.

Veja os cenários pesquisados:

Cenário 1

Lula (PT): 30,5%
Marina Silva (Rede): 11,8%
Jair Bolsonaro (PSC): 11,3%
Aécio Neves (PSDB): 10,1%
Ciro Gomes (PDT): 5%
Michel Temer (PMDB): 3,7%
Brancos e nulos: 16,3%
Indecisos: 11,3%

Cenário 2

Lula (PT): 31,8%
Marina Silva (Rede): 12,1%
Jair Bolsonaro (PSC): 11,7%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9,1%
Ciro Gomes (PDT): 5,3%
Josué Alencar (PMDB), 1%
Brancos e nulos: 17,1%
Indecisos: 11,9%

Cenário 3

Lula (PT): 32,8%
Marina Silva (Rede): 13,9%
Aécio Neves (PSDB): 12,1%
Jair Bolsonaro (PSC): 12%
Brancos e nulos: 18,6%
Indecisos: 10,6%

Segundo turno
Nas simulações para um segundo turno, Lula venceria em todos os cenários pesquisados: 39,5% a 27,5% contra Aécio; 42,9% a 19% contra Temer; e 38,9% a 27,4% contra Marina.

Aécio empataria, dentro da margem de erro, com Marina, por 28,6% a 28,3%, mas venceria Temer, por 34,1% a 13,1%. Marina teria vitória também apenas contra Temer, por 34,4% a 16,8%.

Também no segundo turno verifica-se um alto índice de eleitores sem candidato, que variam, em média, de 32% a 51% dos entrevistados, somando brancos, nulos e os que não quiseram ou não souberam responder. Apesar dos resultados obtidos por Jair Bolsonaro, ele não esteve em nenhuma das simulações de segundo turno projetadas pela pesquisa.

(Com informações da VEJA.com)

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar