Municípios

Menor grávida é espancada pelo companheiro e tem moto incendiada no Piauí

A 2ª Companhia de Polícia Militar de Curimatá prendeu apreendeu um adolescente de 17 anos por agressão e ameaça de homicídio a uma menor da mesma idade, sua companheira. A prisão aconteceu na localidade Flecha, zona rural do município de Curimatá, onde ele foi detido pelos policiais militares ao tentar ‘terminar o serviço’.

Segundo relatório da polícia, a ocorrência teve início quando os policiais receberam uma denúncia de que a menor havia sido vítima de agressão física pelo seu ex-companheiro.

Chegando ao local, os policiais militares constataram que a adolescente, que já é mãe de uma criança pequena e que está grávida, havia sido agredida violentamente com pauladas na sua cabeça, produzindo grande ferimento no couro cabeludo.

Além da agressão física, ele incendiou a motocicleta da vítima, a qual ficou totalmente destruída. O responsável pela agressão havia fugido do local, não sendo possível localizá-lo.

Dias depois, a guarnição de serviço recebeu outro chamado por parte da vítima, onde a mesma afirmava que o suspeito continuava ameaçando a mesma, relatando inclusive que o mesmo disse que iria voltar para ‘terminar o serviço’.

Imediatamente, a guarnição retornou ao local e conseguiu fazer a apreensão do adolescente, que junto com a vítima, foram conduzidos a Delegacia de Polícia de Curimatá para os procedimentos cabíveis. O menor será enquadrado na Lei Maria da Penha pela agressão à companheira.

Fonte: Portal Corrente

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar